As ‘dez’ mais

Terça-feira, 09 de agosto de 2016.

1ª)

A Justiça se prepara para receber o avanço das mulheres aos primeiros cargos. A ministra Nancy Andrighi, vai presidir o CNJ. A ministra Carmen Lúcia irá para a presidência do Supremo. Em Mato Grosso do Sul tudo indica que uma desembargadora inteligente e muito competente poderá assumir no ano que vem a presidência do nosso Tribunal Regional Eleitoral. Essas mulheres vão mesmo dominar o mundo, e como diz o velho adágio: “O avanço delas seria mais rápido se não fossem tão indecisas na hora de escolher com qual roupa irão na posse”.

2ª)

Bernal se enrolou novamente com a Justiça, e desta vez as águas se turvaram para ele e seu ex-secretário Wanderley Ben Hur. Eles vão ter que explicar em 15 dias, como foi que sumiram com 110,4 milhões da prefeitura sem pedir para a Câmara de Vereadores autorização para remanejamento de verba, o que caracteriza ‘improbidade administrativa’ e dá afastamento imediato de Bernal.

3ª)

O presidente da Câmara João Rocha continua nas Olimpíadas. Foi chefiando uma delegação daqui, e lá de longe está vendo de ‘binóculos e pincinez’ o ‘estouro da boiada’ na política municipal da nossa cidade.

4ª)

O nadador campo-grandense Leonardo de Deus (25) conseguiu fazer bonito na natação olímpica. Mesmo não conseguindo medalhas, foi virou o encantamento da mulherada. Ele vai nadar nos 200 metros borboleta na semi-final ao lado de Michael Felphs.

5ª)

O ex-senador Delcídio do Amaral passou rápido por Campo Grande, trocou um ‘dedinho’ de prosa com os amigos e voltou pra batalha. Está administrando a fazenda da família no Pantanal e tendo tempo para viver a vida com a família, mas deixou um recado: ainda não desistiu da política.

6ª)

Alcides Bernal não quer pagar o reajuste de 9,57{d124abb9778216420301f7a7fdee54f2d809ca471a8d69088da1a3e9d609e3df} autorizado pela Câmara aos servidores da nossa prefeitura, e já mandou a Procuradoria-Geral recorrer para derrubar a decisão dos vereadores.

7ª)

A mais nova vilã dos aumentos de preços agora é a maçã. A caixa que custava 48,78 subiu para 74,62. O coco seco subiu 47,11{d124abb9778216420301f7a7fdee54f2d809ca471a8d69088da1a3e9d609e3df}. O mamão papaia subiu 42,68{d124abb9778216420301f7a7fdee54f2d809ca471a8d69088da1a3e9d609e3df}. O morango subiu 31,35{d124abb9778216420301f7a7fdee54f2d809ca471a8d69088da1a3e9d609e3df}. O culpado pelos aumentos é o inverno, mas como hoje começou chover, vamos ter que arrumar outro culpado para justificar os preços pela hora da morte.

8ª)

A briga entre Pedrinho Feitosa, presidente do Diretório Estadual do PRP, com Renato Gomes do diretório municipal do partido, caiu na lógica do “quem pode mais chora menos”. Pedrinho destituiu Renatinho do diretório municipal e deixou o Coronel Davi, do PSC, sem vice.

9ª)

Athayde Nery de Freitas, do PPS também está sem vice. Seu partido rompeu com o REDE que tinha cedido Roberto Oshiro como vice, mas o REDE acabou se apaixonando pelo projeto do PV e Oshiro largou o PPS e está nos beijos e abraços com o Marcelo Bluma.

10ª)

Em Sidrolândia os eleitores estão tristes com o recuo de Daltro Fiúza, que por sua vez, alega ter sofrido perseguições horríveis para que não saísse candidato a nada. O pessoal do PSDB de lá, diz que o choro de Daltro não tem nada a ver com perseguição política, mas com coisas erradas da sua administração passada e apuradas pelo Tribunal de Contas. É bom lembrar que o presidente do TCE é o ‘tucano’ Valdir Neves.

Amanhã eu volto.

Fuuuuuuuuuuuuuuui.

Comentários

Comentários