As Dez Mais

Quinta-feira, 09 de agosto de 2018.

Primeira:

Mega-sena de ontem saiu para um sortudo. As dezenas sorteadas foram: 06 – 25 – 27 – 35 – 45 e 55. O prêmio foi de 35 milhões. 104 apostadores fizeram a quina e 7. 345 fizeram a quadra.

Segunda:

Mais uma operação desastrada do GAECO. Televisão amiga foi convidada para cobrir a Operação de ontem, mas não mostrou a invasão errada que fizeram a uma casa no Zé Pereira. Os moradores do local ficaram em polvorosa. Mesmo constatando o engano, agentes receberam ordem para continuar a invasão.

Terceira:

A indiscrição do Ministério Público nas suas operações espetaculosas e pirotécnicas merece críticas. A invasão ao gabinete do deputado Paulo Corrêa, para apreender documentos na mesa de um funcionário foi outra falha lamentável e imperdoável. O deputado passou o dia inteiro com o lombo sendo ‘fofado’ sem ter qualquer relação com a operação.

Quarta:

Prefeito “Barraco” de Terenos acusado de ter contratado uma “quadrilha” que deu muito trabalho e tristeza na prefeitura de Chapadão do Sul. O vereador “Caco” denunciou a existência de uma nota fiscal por serviços prestados à municipalidade emitida pela empresa de um funcionário da própria prefeitura.

Quinta:

Mesmo que o STF vote a necessidade de procuradores terem que se demitir se quiserem seguir na vida pública, o promotor Sérgio Harfouche não terá qualquer impedimento. Ele é da chamada “turma velha” que escaá desse filtro. O vice de Simone continua candidato e sem restrições.

Sexta:

Caarapó chora o assassinato do fazendeiro Antonio Biaggi Neto, de 66 anos. Julião Cavaleiro – o assassino – criminoso desde a tenra idade, metido com receptação, homicídios e latrocínios, sempre se protegeu pelo estatuto do Menor e do Adolescente. Chegou à idade adulta e fez pior: matou o fazendeiro para roubar sua caminhonete.

Sétima:

O deputado estadual hexacampeão de votos Zé Teixeira, lamentou a morte do fazendeiro Antonio Biaggi Neto. Era seu amigo e vizinho de fazenda. Homem bom e trabalhador. O assassinato do fazendeiro é um daqueles constrangimentos por que passa a sociedade brasileira diante da falta de leis capazes de conter a marginalidade dos adolescentes.

Oitava:

Jornal de hoje diz que o dono da mansão onde funcionava o prostíbulo da “Dani Gaúcha” disse que não sabia das atividades marginais da residência, e exibiu na DEOPS o contrato de aluguel do imóvel. Outros dizem que se a “Dani” – que está presa – meter a boca no trombone, haverá muito choro e ranger de dentes.

Nona:

Dizem que tão logo soube da invasão do GAECO aos domínios da Assembléia Legislativa, o presidente da Casa, deputado Junior Mochi (MDB), tomou um copo de coragem e foi à sede do Ministério Público para saber o que estava acontecendo. Estava pálido e trêmulo. Saiu de lá aliviado. “Foi só um funcionário”, disse ele com aquele sorriso amarelecido.

Décima:

A incansável Marinalva Pereira, colega de rádio e televisão, estará promovendo no próximo 23 deste mês, em comemoração às festividades dos 119 anos do aniversário de Campo Grande, a belíssima promoção “Cidadão Nota 10”, a partir das 19:30h no Bahamas Suíte Hotel. Agradecemos o convite e a homenagem. Estaremos lá.

CHICOTADA DO DIA!

Marido que literalmente “babava” de tão enamorado da ex-esposa que fazia dele ‘gato e sapato’, está de novo amor e já esqueceu o passado. Dizem que era tão apaixonado pela ex, que chegou ir numa festa fantasiado de ‘soldadinho romano’ com direito a ‘sainha plissada’ e tudo. Agora é esquecer o passado e ir em frente. O amor às vezes é como o improviso: Nos leva aonde não queremos ir!.

Meus amigos!

Delegados Fabiano Gastaldi e Marcelo Vargas, da DGPC; Bruno Reichardt, de Ponta Porã; Américo Flores Nicolatti; Jornalista Ana Flávia Pelicho; D. Elaine Becker, presidente da Associação do Carandá Bosque. Aniversariantes do dia!: A simpática Helita Fontão; a sorridente Luzia Kuntzel e a elegante D. Carolina de Barros.

Amanhã eu volto.

Fuuuuuuuuuuuui.

Comentários

Comentários