As Dez Mais

Terça-feira, 05 de Junho de 2018.

Primeira:

Ainda falta gás em Campo Grande e cidades do interior. Botijão está valendo ouro. Tem gente voltando para o velho fogão a lenha e o ‘pó de serra’.

Segunda:

O diesel que o governo federal disse que ia cair 46 centavos nas bombas, ainda é um mistério nos postos de Campo Grande. O máximo que o preço por aqui caiu foi 7 centavos.

Terceira:

Mato Grosso do Sul tem 578 mil pessoas com a “corda no pescoço” e o nome sujo. Estão com dívidas atrasadas e sem crédito. O Procon Municipal está tentando negociar dívidas dos inadimplentes. A ação do Procon Municipal está acontecendo a partir de hoje na Praça do Radio Clube.

Quarta:

Encontraram uma ‘barata’ num lanchão do Subway do Shopping Campo Grande. Não é de hoje que essa rede de lanchonetes vem sendo denunciada por clientes. A pergunta é: Onde está a Vigilância Sanitária?.

Quinta:

Os diretores do Senar, ligados à Famasul, ganham salários de “Marajás”: 30 mil mensais. Esses privilegiados são indicados pela presidência da Famasul.

Sexta:

Eleição na Famasul acontece dia 16 próximo. Eles ainda estão na Era do “colégio eleitoral”, um sistema anacrônico, arcaico e jurássico, inventado durante a ditadura militar e que se mantém vivo em pleno Estado Democrático de Direito, mas que precisa acabar.

Sétima:

O ex-prefeito Gilmar Olarte tomou uma nova canetada do juiz David de Oliveira Gomes Filho. Da condenação em 1ª Instância por ‘improbidade administrativa’ ainda cabe recurso ao TJMS.

Oitava:

Parte da 14 de julho está interditada desde ontem quando o prefeito Marquinhos Trad (PSD) deu partida no Programa ‘Reviva Centro’.

Nona:

O advogado Gustavo Passarelli está movimentando uma autêntica fábrica de processos contra todos os órgãos de imprensa da Capital e do Interior. Dizem que essa fábrica atende pedido do principal cliente dessa banca: o governador Reynaldo Azambuja. As ações pedem explicações óbvias sobre as denúncias da JBS republicadas pela imprensa. Só o ‘Boca do Povo’ está respondendo a desses 3 questionamentos. O site “O Jacaré”, dezesseis.

Décima:

Quem está em “palpos de aranha” é o deputado federal Elizeu Dionízio. Foi acusado pelo policial civil Thiago Vargas que perseguição. O policial denunciou Elizeu nas redes sociais e já disse “Daquilo que falei sobre o deputado não arredo o pé um ponto, uma vírgula”.

MEUS AMIGOS:

Agostinho e sua esposa Nilva; Turcão Abuhaled; Meu amigo Cel. Wellington Figueiredo; Jornalista Vinícius Squinello. Aniversariantes do dia: A sempre belíssima Lília Ilgenfritz, Nelson Trad Neto e Alfredo Fernandes eterno ex-presidente da FIEMS.

Amanhã eu volto.

Fuuuuuuuuuuuuui.

Comentários

Comentários