As Dez Mais

Segunda-feira, 04 de Junho de 2018.

Primeira:

Na fronteira com o Paraguai os políticos estão tendo dificuldades de juntar gente. O povo de lá anda tão traumatizado com tiroteios, que quando ouvem fogos de artifício correm e se enfiam debaixo das camas…

Segunda:
Nas redes sociais a discussão do fim de semana foi o tamanho do “piupiu” do Athayde. A maioria desdenhou o ‘pipi’ do secretário. Outros riram; Há os que afirmam que “aquilo não é dele”.

Terceira:
O jornal português que comemorou 130 anos numa grande festa em Lisboa, tem no mínimo um nome engraçado. Chama-se: “Jornal de Notícia”, como se fosse possível fazer jornal com qualquer outra coisa.

Quarta:
Nos meios judiciais comenta-se que o empresário José Carlos Bumlai, amigo do presidiário Lula da Silva, poderá voltar pra a cadeia. Ele estava preso sem sentença condenatória e acabou liberado para tratamento de câncer.

Quinta:
O jornalista e empresário J. Hawilla, que delatou o “Fifagate” ao FBI – Federal Bireau Investigation, veio para o Brasil casar sua filha e acabou morrendo. Hawilla ficou quase 4 anos exilado na sua mansão no condomínio South Beach, em Miami-EUA, e suas delações levaram para a cadeia: José Maria Marin, Marco Polo Del Nero, Ricardo Teixeira e Nicolás Leoz. Hawilla morreu dia 25 passado, de câncer.

Sexta:
Para você que anda irritado de carregar cartão de ônibus: A Apple vai lançar um novo sistema operacional IOS que irá permitir: de abertura de portões automáticos a uso de cartão de coletivos.

Sétima:

A Seleção Brasileiro deu de “dois” na Croácia e agora vai enfrentar a Suíça. Enquanto Tite esquenta os motores do nosso selacionado, com um povo ainda frio, a Russia anuncia que a bola que abrirá o Mundial já chegou da Estação Espacial numa nave Soyuz.

Oitava:
Pré-candidatos começaram trabalhar na Capital e no Interior, mesmo sabendo que o eleitorado ainda não entrou no “cio”. Puccinelli gravou hoje de manhã seus primeiros programas políticos. Azambuja está trabalhando pelo Interior. O juiz Odilon de Oliveira também deverá tomar um rumo. Todo mundo está de olho em dois partidos: O DEM e o PSD que irão decidir em cima da hora suas alianças.

Nona:
Cinco mudanças nas regras eleitorais que estarão valendo neste ano: 30.000 urnas deverão imprimir votos; Propaganda política paga na internet está proibida; Emissoras serão obrigadas a convidar candidatos de partidos que tenham no mínimo 5 parlamentares no Congresso Nacional; Campanha só com dinheiro público. Candidato a presidente poderá gastar até 70 milhões; a Governador 21 milhões; a senador, 5,6 milhões, deputado federal 2,5 milhões e a estadual 1 milhão.

Décima:
O litro da gasolina começou a semana com 2,25% de aumento nas refinarias. De 31 de maio para cá já foram dois reajustes. A alta da gasolina no governo Michel Temer já é de 50%. Esse é o resultado da queda do preço do diesel. Como dizia minha sábia Tia Laura: “É do couro é que se sai a correia”.

MEUS AMIGOS:
Dr. Ayres Gonçalves que assinou a migração da Rádio Bela Vista, em Brasília, com direito a foto com o ministro Kassab; Prof. Marmo que tem o melhor cursinho para quem quiser fazer e passare no concurso para a Polícia Militar do Estado; Jair Pandolfo do Grand Park Hotel, na Afonso Pena. Aniversariantes do dia: Dr. Marcelo Tognini, Dr. Justiniano Vavas e Milton José de Paula.
Amanhã eu volto.
Fuuuuuuuuuuuui.

Comentários

Comentários