As Dez Mais

Segunda-feira, 7 de Maio de 2018.

Primeira:

Planejada para ser uma das vias mais seguras da Capital, a Euler de Azevedo fez no sábado a sua primeira vítima. O piloto de uma moto colidiu com um C-3 e morreu no local. Sem o cuidado de pedestres, ciclistas, motociclistas e motoristas, não há via segura no mundo.

Segunda:

A Suécia se prepara para inaugurar a primeira rodovia elétrica do mundo. O País quer extinguir o uso da gasolina até 2030. O primeiro trecho já está concluído. Carros, caminhões e ônibus movidos à eletricidade que passarem pela rodovia e se recarregarão automaticamente.

Terceira:

Alcides Bernal é um “ficha suja”. Cassado em segundo grau por um colegiado, ele não pode mais ser candidato a nada. Essa decisão acaba com a possibilidade de Bernal concorrer a qualquer coisa nos próximos 8 anos. Ele continua dando uma de ‘João sem braço’ e se dizendo candidato desafiando a Justiça, mas não será.

Quarta:

Bernal é “ficha suja” e cassado. A Câmara quando o cassou como prefeito, os vereadores funcionaram como juízes de 1º Grau. Bernal recorreu e o TJMS confirmou a sentença de cassação, funcionando como colegiado de 2º Grau. Politicamente Bernal “já era”. Não poderá ser candidato a nada.

Quinta:

Falando nas “maracutaias” do Bernal, vereadores de Campo Grande estão revoltados com a forma de como o Partido Progressista vem sendo negociado como se fosse uma mercadoria. Conversei com o vereador Valdir Gomes que não se conforma com o jeito como o partido vem sendo “vendido” para fazer coligações sem ouvir seus membros.

Sexta:

Valdir Gomes foi claro: Se o Partido Progressista se coligar com quem não querem, os vereadores cruzarão os braços na eleição deste ano. Dois novatos que entraram no partido estão mandando mais do que quem está no PP e detém mandato.

Sétima:

A Difusora/FM- 101.9 vai fazer um dia de premiação máxima. Dia 24 de Junho a 101.9 vai sortear 20 bicicletas para os seus ouvintes. É a maior premiação já vista no rádio desta Capital. Liderança é isso.

Oitava:

Futebol, Sério ‘D’ do Campeonato Brasileiro, rodada de ontem. O ‘Novo’ venceu o ‘Ceilândia’ por 1 a 0. Em Brasília o Corumbaense “tomou” de 4 a ‘zero’ do Brasiliense.

Nona:

O governador Reynaldo Azambuja (PSDB) se encontrou com o ex-governador André Puccinelli (MDB) durante uma festa japonesa e os dois não se conversaram. Entre eles não há diálogo. Isso mostra que tanto a candidatura de Reynaldo, quanto a de Puccinelli são irreversíveis. Não há acordo.

Décima:

Numa mesa de amigos no Comper da Zahran na manhã de ontem ouvi de muitos o seguinte elogio ao governador: Reynaldo administrou muito bem o Estado porque nunca deixou de pagar os salários do funcionalismo. Hoje o “Correio” diz que 59% do que MS arrecada é gasto com folha de pagamento.

Meus amigos:

Edson da Letraço; Rocha do Restaurante Hong Kong; César dono da Linguiça Guarânia; José Luiz Monteiro, ouvinte da 101.9 em Jaú-SP pela RadiosNet; Terezinha Cândido candidata à presidência da Famasul; Castelo e D. Laura; Adão da Graça; Laura do Amaral; Prof. Marmo; Marcão do antigo conjunto Yarassus de Marília, ouvinte pela RadiosNet. Feliz aniversário para: Leni Menegazzo, D. Maria Poppi e Otto Orst Scheley.

Amanhã eu volto.

Fuuuuuuuuuuuui.

Comentários

Comentários