As ‘dez’ mais

Segunda-feira, 18 de julho de 2016.

1ª)

Aparentemente as coisas estão quietas. Assembléia legislativa e Câmara em recesso, mas nos bastidores a correria é grande. Partidos estão se articulando para as convenções que deverão acontecer entre 20 de julho a 5 de agosto. Depois disso, o bicho vai pegar.

2ª)

As rodovias estaduais feitas no período de André Puccinelli (PMDB) estão se desintegrando. De Camapuã a Alcinópolis em muitos trechos o asfalto sumiu. Já estão chamando o asfalto de ‘Leite Glória’ que desmancha sem bater.

3ª)

Os piratas do Bernal já estão trabalhando a todo vapor na tentativa de desmoralizar candidatos, partidos e pessoas. A intenção é dizer que “só Bernal presta”, e é o melhor para Campo Grande. Essa ‘turminha do mal’ está pegando ‘gente do bem’ como sempre fizeram no passado. Mas desta vez terão troco. É o que promete a polícia contra os ‘fakes’.

4ª)

O PT tem novo projeto político para a eleição deste ano na Capital. Marcos Alex vai ser o grande pugilista, e terá tempo para fazer socar os adversários escorado nos 23{d124abb9778216420301f7a7fdee54f2d809ca471a8d69088da1a3e9d609e3df} tradicionais que o PT sempre teve em nossa Capital. Quem achar que o PT está morto, pode ir tirando o ‘cavalinho da chuva’.

5ª)

Um avião caiu ‘de bico’ no aeroporto de Pedro Juan Caballero, no Paraguai, matando seus ocupantes: Antônio Marques Duarte e Mário Ney Chavez Pires. Dentro do avião foram encontradas folhas de coca. Em 1999 Mário Ney havia sido condenado por tráfico de cocaína. Havia sido preso com 840 quilos da droga.

6ª)

“Estou de olho em 2018. Me aguardem que estarei de volta e em grande estilo” foi o que disse no final de semana o ex-governador André Puccinelli, do PMDB. André está focado na eleição de prefeitos e vereadores no interior, sem se preocupar com Campo Grande. Ele será o grande adversário a ser vencido por Reinaldo Azambuja.

7ª)

Uma aliança do PT com o PDT poderá ser a grande sacada para a eleição municipal deste ano em Campo Grande. A estratégia não é de Dagoberto, mas feita sob medida para o PDT, e saída da genialidade de Leite Schimidt, lá das barrancas do Taquari. Isso poderá dar dor de cabeça pra muita gente, especialmente para a turminha do ‘já ganhou’.

8ª)

A estatística mostra que à cada 3 horas uma empresa ‘abre o bico’ em nosso Estado. Não é apenas a crise, mas a falta de perspectiva empresarial no Brasil. De janeiro a junho foram fechadas 3.060. O dado é da Junta Comercial. Quem tiver seu emprego que o conserve porque dizem que em 2017 sentiremos saudades de 2016.

9ª)

Um acertador matou a charada da Mega-Sena do sábado, acertando as dezenas: 05 – 08 – 24 – 30 – 57 e 59. Levou pra casa 25 milhões. Esse deve estar rindo da crise, afinal, com a bolada recebida, financeiramente está com a vida resolvida.

10ª)

Vereadores da Câmara de Campo Grande acham que a popularidade de Alcides Bernal está se liquefazendo porque como administrador o homem é ‘ruinzinho demais’. Há quem diga que se ele continuar nessa balada não vai emplacar nem o segundo turno, isto é, se ainda estiver por aí no cargo, porque em Brasília, dizem que em ‘doze’ dias, tem julgamento de recurso que poderá apeá-lo do cargo.

Amanhã eu volto.

Fuuuuuuuuuuuuuui.

 

Comentários

Comentários