As “dez” Mais

Jornalismo: A segunda profissão mais velha do mundo”, já dizia Paulo Francis.

Sexta-feira, 27 de janeiro de 2017.

Primeira:

As coisas não devem estar fáceis lá pras bandas das finanças do deputado federal Dagoberto Nogueira Filho (PDT-MS). Ontem o Cartório da Tabeliã Joana D’Arc intimou-o publicamente a pagar uma duplicata de R$ 157,45, “esquecida” desde o dia19 de dezembro passado…

Segunda:

Ontem uma funcionária do Comper da Brilhante desmaiou e não tinha um veículo da empresa para levá-la ao atendimento. Chamaram o Samu, que também não foi por falta de viatura. Comentários dos clientes que vivenciaram o sufoco: “Enquanto o Beto anda de jatinho, seus funcionários morrem à míngua em seus estabelecimentos…”.

Terceira:

A antiga FM-PAN, de Aquidauana, está de novo dono. O irmão de criação de Raul Freixes lhe deu uma sonora rasteira, tirando-o do comando da emissora. Dizem que o moço está bem “calçado” por um deputado interessado em comprar seus 25{d124abb9778216420301f7a7fdee54f2d809ca471a8d69088da1a3e9d609e3df} na rádio, e que já teria depositado 700 mil na conta do “novo” diretor.

Quarta:

Alcides Bernal foi chamado de “vigarista” num artigo do ex-vereador, advogado, economista e fiscal aposentado da Receita Federal, J. Bandeira. Impossível provar o contrário. Até no CMO o “anencéfalo” arrumou confusão ao superfaturar o asfaltamento da Bandeirantes. O prejuízo à Prefeitura – se passasse – seria de 2,5 milhões.

Quinta:

O Chefe do Ministério Público Estadual por duas vezes em pouco mais de dois meses tomou dois “cacetes” de políticos. Deve estar com o “lombo” fofo. Pior é que já se comenta que o CNMP está preocupado com a opinião pública a respeito dessas investidas do órgão contra autoridades legalmente constituídas…

Sexta:

Falando neles, o promotor Marcos Alex Vera perdeu o direito de investigar a existência ou não de funcionários “fantasmas” na Assembléia. Assumiu a missão o competentíssimo e sereno promotor Alexandre Capiberibe Saldanha, filho do ex-deputado Paulo Saldanha, que já presidiu a AL por vários mandatos.

Sétima:

Segundo a “Felpuda” de ontem da Ester Figueiredo no “Correião” o “aracnídeo” tentou montar uma claque para o ministro da Saúde que veio a Campo Grande. Ligou para todos os “seus” prefeitos. Ninguém compareceu…

Oitava:

O Comando Militar D’Oeste expulsou dois recrutas por uma ‘selfie’ publicada no Facebook, onde um deles aparece de sentinela, só de cueca e com um fuzil enfiado no “furévis”. Foram enquadrados em “pundonor militar” que trata da conduta ética e comportamento.

Nona:

O PRF Moon confirma e prova que sua abordagem à empresário que acabou morto ao resistir à prisão, foi feita segundo as normas estabelecidas nos regulamentos e procedimentos policiais. Isso fica claro na gravação que está rodando na internet liberada pelo 190 da Polícia Militar. Acredita que isso poderá inocentá-lo do crime.

Décima:

“Correião” de hoje dá novo “aperto” no Ministério Público. O advogado Ary Raghiant acusa o MPE de usar e abusar do clima de terror contra prefeitos. Certamente o Conselho Nacional do Ministério Público receberá nova denúncia contra o órgão.

Segunda-feira eu volto.

Bom final de semana a todos.

Fuuuuuuuuuuuui.

Comentários

Comentários