As Dez Mais

Terça-feira, 10 de abril de 2018.

Primeira:

Azambuja foi a Nioaque no domingo inaugurar o BXB FOODS, sem saber que os “empresários” eram Reginaldo Maia (pai) e Reginaldo Maia (Filho) figuras envolvidas em diversas operações da Polícia Federal por desvios de impostos federais e estaduais. Para a imprensa os “donos” do frigorífico são Reginaldo Silveira (proprietário) e o diretor do frigorífico Reginaldo Simplício.

Segunda:

Estudo feito sobre Fakenews mostrou que: As pessoas tendem a acreditar que tudo é verdade; bastam que as informações estejam ‘próximas da verdade’ para que sejam aceitas; mesmo quem conhece um assunto tem predisposição a crer em falácias sobre ele, e que “Muitas técnicas para facilitar a identificação de erros revelam-se inócuas”.

Terceira:

Um estudo feito pelo setor de inteligência da polícia revelou que a cidade de Nova Alvorada do Sul seria um importante entreposto do chamado contrabando “formiguinha”. De lá eles “exportam” contrabando para o resto do país. Também o estudo diz que “há pessoas e bairros inteiros vivendo dessa atividade e que isso movimenta a cidade”.

Quarta:

A Justiça quebrou o sigilo bancário do deputado federal Dagoberto Nogueira Filho para que ele pague uma dívida de R$ 5,8 milhões da condenação por ter feito panfletos quando secretário da Sejusp para sua autopromoção.

Quinta:

A dívida se refere aos panfletos da “Lei Seca” onde ele aproveitou o dinheiro dos contribuintes para fazer propaganda de si mesmo. Serão descontados 30% do salário mensal do deputado, ou R$ 10,1 mil. A dívida será paga em 31 anos. Dagoberto está com 62 anos, o que significa que só vai quitar a dívida quando fizer 93 anos de vida. A grana deverá ser ressarcida aos cofres da Sejusp.

Sexta:

Dizia o “Seo” Armando, português natural de “Trás dos Montes” que “A raposa tem mil manhas, mas a mulher tem manhas de mil raposas”. Está preso em Campo Grande um rapaz trabalhador por nunca ter pagado ‘pensão alimentícia’. Acontece que ele nunca foi citado, e a sua ex-mulher é foragida da Justiça acusada por tráfico de drogas. Vejam, portanto, onde ele se meteu.

Sétima:

Deram um “banho” na estátua da Thêmis (Deusa da Justiça) e no prédio do Fórum de Dourados. A tinta vermelha deixou todo mundo atônito. Usaram a mesma metodologia contra o apartamento da Ministra Carmen Lúcia em Belo Horizonte. É bom deixar gente cuidando porque essa “moda” pode chegar por aqui.

Oitava:

A assessoria do candidato a governador Odilon de Oliveira voltou a reafirmar que “Ele não quer graça com partidos que tenham candidatos envolvidos com a Justiça. Esse rompante vale pra todo mundo menos para o “dono” do PDT em nosso Estado, Dagoberto Nogueira Filho, o que demonstra que a “ética” do “xerifão” tem exceção.

Nona:

Os carnês da “Taxa do Lixo” estão chegando à população, desta vez sem reclamações. Os preços caíram verticalmente. A falha inicial de lançamento foi sanada. Quem pagou o anterior e não foi buscar ressarcimento já perdeu o prazo, mas ficará com crédito para matar a dívida de agora e se sobrar dinheiro estará se creditando para a taxa do ano que vem. A explicação é do secretário da SEMADUR José Marcos da Fonseca.

Décima:

Na Assembléia Legislativa o PR, PDT e o PSB estão extintos. Do PR saíram Paulo Corrêa – que foi para o PSDB – e Grazielle Machado que foi para o PSD. O Dr. Jorge Takimoto deixou o PDT e foi para MDB. O deputado Barbosinha deixou o PSB e foi para o DEM. Em Dourados Murilo Zauith ingressou no DEM. O deputado Cel. Davi saiu do PSC e foi para o PSL do Bolsonaro. Mara Caseiro vai continuar no PSDB. Estão formados os times. Agora é jogo. Quem puder mais vai chorar menos.

Meus amigos:

Paulo Ponzini; Cris Navarro; Cledemir Bambokian; Colega jornalista Marinalva Pereira; Caburé Boaventura; Aniversariantes do dia: Mary Pompeo, Fabíola Pithan e Maurício Higa.

Amanhã eu volto.

Fuuuuuuuuuuuuui.

Comentários

Comentários