As ‘Dez’ Mais

Benedito de Paula Filho

Quarta-feira, 22 de junho de 2016.

1ª)

Bernal inventou mais uma: agora virou “maquiador” de ruas. A denúncia está hoje no ‘Correio do Estado’. Ele maquiou a Avenida Capital, por onde vai passar a tocha olímpica. Havia risco do carregador da tocha cair em buracos. Bem que o carregador da tocha podia prolongar o roteiro passando em todas as ruas e avenidas da Capital. Isso obrigaria o prefeito trabalhar.

2ª)

O vereador Edil Albuquerque disse hoje em meu programa na DIFUSORA (AM-1240KHz) que “Será impossível Alcides Bernal escapar de nova cassação pela Câmara”.

3ª)

Passagem pra Ponta Porã ninguém quer. A cidade está às moscas. A guerra do tráfico e o dólar estratosférico acabou com a freguesia. Por lá, o ‘cheiro de pólvora’ continua no ar.

4ª)

Minha amiga Alcina Reis, do Instituto Veredas da Fé, foi assaltada ontem quando distribuía cestas básicas no Noroeste. O ladrão, armado de faca, chegou e ‘meteu a mão’ em duas cestas e disse que “Tinha preferência por aquelas que tivessem feijão”.

5ª)

A Amparo de Melo virou a mulher mais respeitada da Prefeitura. Ela veio do Maranhão e já mandou o prefeito calar a boca em público e ele calou.

6ª)

Pessoal que estava preso no desdobramento da ‘Lama Asfáltica’ passou a primeira noite em casa, libertados por um ‘habeas corpus’ impetrado no STF, e concedido pelo ministro Marco Aurélio de Mello. Neste país, o crime compensa.

7ª)

Deu o que já havíamos anunciado. O PSDB fechou com o PR. O vice da pré-candidata Rose Modesto será mesmo o Cláudio Mendonça. Bom nome. Falta agora o fermento pra fazer a candidatura da Rose crescer.

8ª)

98{d124abb9778216420301f7a7fdee54f2d809ca471a8d69088da1a3e9d609e3df} das indicações feitas pela Câmara Municipal de Campo Grande foram ignoradas pelo prefeito Bernal. Outros 30 requerimentos nem foram respondidos. A omissão é grave, e poderá fazê-lo perder o cargo pela segunda vez.

9ª)

O Dr. Cury está intrigado com a compra feita por Bernal de ‘jogos de sexualidade humana’ a ser aplicado nas escolas da REME e em palestras da SESAU. O preço que a Prefeitura pagou pelos “jogos” foi absurdo.

10ª)

No Senado está sendo trabalhada a possibilidade de parcelar em 120 meses as dívidas das empresas enquadradas no Supersimples, como forma de dar um fôlego para o empresariado das micros e pequenas empresas. Todo mundo está torcendo para que a coisa ande, afinal, as coisas estão pretas.

Amanhã eu volto.

Fuuuuuuuuuuui.

Comentários

Comentários