As ‘dez’ mais

Benedito de Paula Filho

Segunda-feira, 12de Setembro de 2016.

PRIMEIRA:

Clima de pugilato na campanha política em Terenos. Semana passada o Leandro Caramalac, vulgo Copo Sujo, tomou um ‘manotaço’ do Xiru. O Dr. Renato Santiago – candidato a prefeito da turma dos Rezende – entrou no meio da confusão para separar a briga e tomou um ‘coice de mula’ do Xirú que o levou a nocaute.

SEGUNDA:

Outro acontecimento em Terenos: Esta noite um velho caminhão da coleta de lixo passou apressado por um quebra-molas e seus garis saíram voando da carroceria. Um deles quebrou a perna e outro a clavícula. Só não vieram para Campo Grande porque o caminhão está com documentação irregular e sem manutenção e a queixa na polícia daria a apreensão do veículo. As vítimas estão sendo medicadas.

TERCEIRA:

Hoje em Brasília começa a sessão de cassação do Eduardo Cunha. É mais um julgamento que divide o Brasil. Tem gente agradecida por ele ter livrado o País da ex-presidente Dilma. Há os que defendem apenas uma suspensão para Cunha. Outros querem que ele seja advertido e há também os que querem ver o cunha seco e arreganhado, e com um grilo cantando fino dentro da sua caveira.

QUARTA:

Candidatos a prefeito e vereadores em Campo Grande reclamam da dificuldade de dizer aos eleitores que “são candidatos”. Fatiaram de tal forma a campanha política no rádio e na televisão, que apenas quem já vinha trabalhando a campanha está levando vantagem. O clima de velório da chamada ‘festa Cívica’ persiste. A democracia de agora está pior que a ditadura do passado.

QUINTA:

Lobby e lâmpadas de LED superfaturadas, essa é a mais nova embrulhada de se meteu Alcides Bernal. Dos 53 milhões por ele retidos da COSIP, 33 milhões foram gastos na compra da Solar Distribuição e Transmissão, de Montes Claros-MG. São lâmpadas chinesas de LED, aquelas que já vem queimadas. A Solar é do deputado estadual mineiro Gilberto Wagner Martins Pereira Antunes, do PP, mesmo partido do Bernal. Esse deputado é investigado na lava-jato por envolvimento com o ‘carequinha’ Marcos Valério que está preso por desvios da Petrobrás.

SEXTA:

A denúncia da compra de lâmpadas de LED que valem 200 reais no mercado, por 1.300 reais, foi feita pelo deputado estadual Coronel Davi, do PSC. É uma sangria que a turma do Bernal está fazendo nos cofres públicos da nossa prefeitura no apagar das luzes da pior administração que esta cidade já teve em 117 anos.

SÉTIMA:

EXCLUSIVA: Recebemos informação nesta manhã que vários containeres estão fortemente guardados por seguranças, no pátio da SEINTRHA. Eles contém as lâmpadas de LED superfaturadas compradas por Alcides Bernal. A ordem que ele teria dado para seus ‘guaxebas’ é pra prender quem se aventurar a fotografar os containeres. Agora seria a hora do GAECO checar essa informação, apreender os containeres e agir, mas até agora não fizeram nada.

OITAVA:

Preocupados com a chegada do UBER que já tem mais de 180 inscritos para trabalhar com o aplicativo em nossa Capital, me contaram que os donos de frotas estão chamando os ‘motoristas-auxiliares’ e ameaçando-os de que, se forem pegos trabalhando com o UBER “nunca mais pegarão um táxi para trabalhar na praça”.

NONA:

O clima político em Rochedo está ácido. Nesta manhã houve bate-boca entre o prefeito João Cordeiro, do PMDB, com o servidor Orcidney Ferjes. Dizem que a coisa chegou na base do empurrão e xingamento. Cordeiro é considerado um dos piores prefeitos que Rochedo já teve nos últimos anos. Dizem que, se botarem uma canga nele e no Bernal, os dois dão uma ‘parelha boa’. O servidor, agredido física e verbalmente foi à delegacia e registrou queixa.

DÉCIMA:

Em Três Lagoas, o ‘pau comeu’ num casamento. Um jovem de 33 anos, começou jogar charminho pra cima de uma amiga da noiva que é casada, e o marido dela resolveu partir pra cima do ‘fura zóio’. Virou uma briga generalizada. Na confusão o pai da noite resolveu apartar a briga e acabou tomando um ‘pombo sem asa’ no ‘pau da venta’, caindo no chão com ‘aquilo’ trancado. Foi o fim da festa.

Amanhã eu volto.

Fui.

Comentários

Comentários