As Dez Mais

Quarta-feira, 29 de março de 2017.

Primeira:

Prisão do piloto Jerson Palermo, conhecido pela alcunha de “Bolinha” movimentou os meios policiais. Ele estaria comandando uma rota de tráfico Bolívia/Brasil. Bolinha é acusado de ter assaltado um Boeing pagador, que fazia linha Foz do Iguaçu-Pr/São Paulo. Mandou o comandante descer numa pista de pouso perdida em meio a um canavial no Paraná e “aliviou” uma carga de 5 milhões de reais. Agora, depois de longo e tenebroso inverno, ele está de volta à cadeia.

Segunda:

O suplente de deputado federal Elizeu Dionízio (PSDB) enfrentou de “peito aberto” os manifestantes contra a Reforma da Previdência, que estacionaram no Aeroporto de Campo Grande. Elizeu passou incólume pelo corredor polonês dos manifestantes, guardado por seguranças que não deixaram que ele fosse tocado. Mas o que o deputado ouviu de xingamentos e palavrões foi coisa do ‘arco da velha’…

Terceira:

A Reforma da Previdência está mexendo com os nervos das centrais sindicais e do povo. A CPI da Previdência instalada a pedido do senador Paulo Paim, poderá arrefecer os ânimos e atrasar a “reforma”. Mas o presidente Temer disse hoje em São Paulo que “A reforma é necessária e irreversível”.

Quarta:

Continua repercutindo a ausência do governador que não compareceu ao sepultamento do ex-presidente da JPSDB, falecido em acidente sábado último. Familiares do falecido não se conformam com a ausência de Reinaldo, vez que ele e Thauã eram amigos e correligionários.

Quinta:

Hong Kong suspendeu o embargo às carnes brasileiras, limitando-se apenas ao veto de importação de 21 frigoríficos envolvidos no escândalo. A apuração agora se volta para um “propinoduto” que estaria beneficiando servidores federais ligados ao Ministério da Agricultura, o que não é novidade pra ninguém.

Sexta:

Para tentar alavancar sua imagem, que não está nada boa no conceito público, o governador autorizou o secretário Barbosinha, da Sejusp, a estacionar uma dessas novas viaturas numa rua central de Campo Grande, para mostrar ao povo que está montando uma estrutura de segurança. Enquanto a viatura virava propaganda do governo, o crime corria solto em nossas ruas e bairros sem viaturas para socorrer a população. É o contraste entre a propaganda e realidade.

Sétima:

A Seleção Brasileira deu ontem uma “piaba” na Seleção do Paraguai: 3 a 0. O jogo foi na Arena Corinthians, válido pelas eliminatórias da Copa do Mundo de 2018. Chegamos a 8 vitórias e 33 pontos. Ninguém segura a Seleção do Tite e nem as gracinhas “sem graça” do chato do Galvão Bueno.

Oitava:

Nosso carinhoso abraço ao exemplo de garra, luta, desprendimento e enfrentamento da situação pessoal de saúde da querida amiga Sônia Caldart, que mesmo com deficiência da visão continua trabalhando, fazendo entrevistas interessantes e nos distraindo com seu programa. Mulher corajosa, exemplo de vida. Merece todo o nosso respeito.

Nona:

A energia vai ter desconto de 13,81{d124abb9778216420301f7a7fdee54f2d809ca471a8d69088da1a3e9d609e3df}. Aliás, não se pode chamar isso de desconto: “Estão nos devolvendo o que nos tiraram ilegalmente”. A decisão de desconto é para Abril e foi autorizada pela Aneel. A devolução vai custar ao sistema elétrico 900 milhões.

Décima:

Como explicar para a esposa que a secretária tirou uma foto nua e de costas, no celular do marido que é político?. A mocinha disse que “tirou a foto por engano”, mas a desculpa não colou. O marido não quer – ou não pode – demitir a jovem por que ela é “muito eficiente”. Isso é como tentar explicar que perdeu a cueca na rua. Uma ‘saia justa’ que só quem já viveu uma dureza saberá julgar.

Amanhã eu volto.

Fuuuuuuuuuuuui.

Comentários

Comentários