As Dez Mais

Terça-feira, 04 de dezembro de 2018.

Primeira:

O Ministério do Trabalho morreu ontem e foi esquartejado em três grandes pedaços. Ele foi dividido por três ministérios. As concessões sindicais ficarão do Sérgio Moro e outras duas com os ministérios da Economia e da Cidadania.

Segunda:

O fim do Ministério do Trabalho desativa uma superestrutura que se tornou antiquada, paquidérmica e ultrapassada para os modernos padrões empregatícios da atualidade. Esse é o Brasil que nós queremos.

Terceira:

O aperto de mão entre Estados Unidos e China que fez cair o dólar e subir as bolsas de valores pode ser uma faca de dois gumes para o agronegócio do Brasil. Essa é pra anotar e conferir.

Quarta:

A declaração do juiz Sérgio Moro de ontem foi contundente. Disse que aceitou o cargo porque se cansou de levar “bolada nas costas”. Para ele, só o trabalho de procuradores, policiais e juízes não basta para combater a corrupção”.

Quinta:

O senador Magno Malta, que apoiou Jair Bolsonaro desde os primeiros instantes que o “capitão” saiu candidato a presidente da República, poderá ser embaixador do Brasil em Israel. É o que se comenta no cafezinho do Senado em Brasília.

Sexta:

A coisa está difícil para os corruptos e olha que Bolsonaro ainda nem assumiu. Ontem o ex-governador do Rio, Sérgio Cabral, tomou mais 14 anos de cadeia. Somando as penas, ele totaliza 189 anos de prisão. Vai ter que morrer e reencarnar várias vezes para não ficar devendo nada à Justiça.

Sétima:

A gasolina em nosso estado já pode ser encontrada em nossa Capital abaixo dos R$ 4 reais. O preço caiu porque os postos estão vendendo menos. Dizem que se os consumidores comprarem menos ainda a tendência é cair mais.

Oitava:

O PSDB deve liberar hoje o nome do partido para concorrer à eleição da presidência da Assembléia Legislativa. Concorrem Onevam de Matos, Paulo Correa, Felipe Orro, Rinaldo Modesto e Marçal Filho.

Nona:

Correm por fora como candidatos à Presidência da Assembléia: O veterano Londres Machado e o discretíssimo Zé Teixeira. Eles não assumem, mas qualquer um dos dois podem ser a solução que o governador Reinaldo Azambuja procura para seu futuro político.

Décima:

Faleceu ontem em Dourados e será sepultada hoje D. Marie Takimoto, esposa do deputado Dr. Jorge Takimoto. Eles estavam se preparando para uma viagem a São Paulo quando ela sofreu um fulminante ataque cardíaco.

CHICOTADA DO DIA!.

O caso da mineração de Corumbá que culminou num crime de pistolagem em nossa capital, e que deixou o filho do dono da mineradora internado na Santa Casa em estado grave pode estar solucionado nos próximos dias. Dizem que o final da história pode ser do tipo “Quem matou Odete Reuthman?”. Estamos todos curiosos pra saber o que irá acontecer.

Meus amigos:

Claudinei e Cláudio, funcionários da UFMS; Paulinho Catanante, do IBRAPE, mas podem chama-lo de ‘Mago das Pesquisas’; Dr. Issamir Farias Saffar, médico; Fernando da Anunciação da Fenaspen.

Aniversariantes do dia!

A graciosa Dra. Aline Sacchi Soriano; A sempre sorridente Lenirce Furuya; A simpaticíssima Silvana Hildebrand e o sempre alegre Renzo Siufi.

Amanhã eu volto.

Fuuuuuuuuuuuuui.

Comentários

Comentários