As Dez Mais

Terça-feira, 31 de Outubro de 2017.

Primeira:

Internado e sob sedação, o prefeito de Corumbá Ruiter Cunha permanece no Proncor. Amanhã ele será submetido a uma cirurgia cardíaca.

Segunda:

A Assessoria de Imprensa do prefeito de Corumbá, Ruiter Cunha, informou que ele já passou por cateterismo e amanhã será submetido a cirurgia cardíaca para correção de isquemia aórtica.

Terceira:

As chuvas voltaram e Campo Grande está de novo se vendo apertada com a buraqueira. Algumas vias voltaram ficar intransitáveis. A Secretaria de Obras perdeu o ‘timing’ para tapar os buracos.

Quarta:

O cúmulo da ‘cara-dura’ é o ex-prefeito Alcides Bernal ter aparecido num programa político do Partido Progressista, com capacete de engenheiro e dizendo que consertou nossa Capital. Definitivamente: Bernal não tem senso do ridículo.

Quinta:

A secretária de Educação do Município Ilza Mateus de Souza era indicação do deputado federal Luiz Mandetta. Deitou e não amanheceu no cargo. Para seu lugar foi nomeada sua adjunta, Sra. Elza Fernandes Ortelhado. Exoneração e nomeação saíram hoje no Diogrande.

Sexta:

Pesquisa IPEMS em 50 cidades mostrou que se as eleições fossem hoje André Puccinelli (PMDB) e Odilon de Oliveira (PDT) estariam disputando o segundo turno. Embora os dados sejam de uma pesquisa ‘estimulada’, o número de indecisos é muito grande. Azambuja aparece ocupando um discretíssimo terceiro lugar.

Sétima:

Hoje é o último dia do Refis na Prefeitura. O atendimento foi ampliado. As portas estarão abertas enquanto houver pessoas querendo aproveitar o descontão. A central está na Rua Arthur Jorge, 500. 40 atendentes estão a postos para atender aqueles que quiserem negociar seus débitos com 90{d124abb9778216420301f7a7fdee54f2d809ca471a8d69088da1a3e9d609e3df} nos juros e 80{d124abb9778216420301f7a7fdee54f2d809ca471a8d69088da1a3e9d609e3df} nas multas para pagamento à vista.

Oitava:

O botijão de gás vai ter novo reajuste. Atualmente está custando R$ 74 reais, e não se sabe ainda quanto deverá custar. o reajuste já foi autorizado pela ANP.

Nona:

A CiaPtran resolveu fazer blitzes relâmpago surpresa. As redes sociais estão embaçando o trabalho de fiscalização. Quem cai numa blitz avisa o outro e o movimento de fiscalização míngua em questão de minutos.

Décima:

A pergunta que nem o PDT sabe responder é: “Quem vai pagar a campanha de governador do candidato Odilon de Oliveira?”. Dizem que o Dagoberto Nogueira Filho – padrinho do candidato – tem ‘bufunfa’ para custear a campanha. Outros dizem que o PDT Nacional vai apostar pesado na eleição de Odilon e custear a despesa milionária. Enquanto não explicarem isso, os campo-grandenses continuam olhando com reservas essa candidatura.

Amanhã eu volto.

Fuuuuuuuuuuuuui.

Comentários

Comentários