As Dez Mais

Segunda-feira, 12 de novembro de 2018.

Primeira:

Muita gente estranhou que na reportagem do ‘Globo Rural’ de ontem, a ministra da Pecuária de Bolsonaro foi chamada de Tereza Cristina Dias. Na verdade, o sobrenome completo dela é Tereza Cristina Correia da Costa Dias.

Segunda:

Tereza é neta do ex-governador de Mato Grosso Dr. Fernando Correia da Costa; bisneta do ex-governador de Mato Grosso, Pedro Celestino; Filha de Mariita, bisneta mais velha de Manuel Marques, filho de Gury Marques e pai do deputado constituinte e senador Ruben Figueiró. Tereza é tataraneta de Quintino Bocaiuva, Presidente da República do Rio de Janeiro que foi atuante na Proclamação da República.

Terceira:

Bombou a capa da Boca do Povo de ontem com o Dr. Marcelo Salomão, que retornou ao Procon/MS. Sob sua superintendência o órgão se destaca sobre todos os demais, ganhando visibilidade pelos serviços prestados aos consumidores.

Quarta:

Acabou a farra de ministérios no Brasil. Chegamos a 39 no governo da Dilma. Hoje estamos em 29, e Bolsonaro quer reduzi-los para 15 ou no máximo 18. O modelo de Bolsonaro tende a ser mais eficaz. Na Suécia, por exemplo, existem apenas 10 ministérios contra 104 na Índia.

Quinta:

O jornalismo enfrenta momentos críticos no mundo, segundo levantamentos da Freedom House. Só 13% da população mundial desfruta de informações realmente livres. Dentre 180 países, o Brasil ocupa a ‘centésima-segunda’ posição nesse ranking.

Sexta:

Dia 14 tem eleição pro Conselho de Medicina Veterinária e Zootecnia. O Prof. Loacir da Silva, médico veterinário é o candidato da Chapa 3. Ele tem como objetivo dar transparência ao Conselho.

Sétima:

A Estrada Parque, de Palmeira a Aquidauana continua sendo asfaltada em ritmo acelerado. Apesar dos contratempos e trabalho perigoso nas serras, o passeio é lindo. Muitos investimentos estão sendo feitos às margens do Aquidauana, inclusive com restaurantes temáticos e lugares agradáveis para levar a família.

Oitava:

Negada a liberdade para o ex-secretário de Fazenda da Prefeitura de Dourados, preso na Operação ‘Pregão’. Ele é acusado de acoitar a “maracutaia” que o levou para a cadeia. O juiz da Vara Criminal de Dourados lhe negou o ‘habeas corpus’. O sogro de deputado recém-eleito vai continuar na tranca.

Nona:

Confirmando notícia veiculada pela ‘Coluna de Política’ da revista BOCA DO POVO: o deputado federal Luiz Mandetta segue cotadíssimo para assumir o Ministério da Saúde de Jair Bolsonaro.

Décima:

Oitocentos comprimidos de ecstasy ‘caíram’ na barreira armada pela polícia, em S. Gabriel D’Oeste. A droga saiu de Campo Grande com destino a Coxim. Três ocupantes de uma Hillux, onde a droga viajava, foram presos e autuados em flagrante.

CHICOTADA DO DIA!

Em 3 semanas o Canadá “fumou” toda a maconha legal para uso recreativo. Os maconheiros canadenses estão desesperados. A falta fez o preço do tráfico aumentar. Essa foi a consequência da aprovação. Por isso que a liberação das drogas não funciona.

Meus amigos!

Sérgio Cruz, que começa amanhã ao meio-dia sua crônica “Bronca Total” na Difusora/FM-101.9. Minha amiga Vani e seu esposo Luciano e Gersinho Zahdi.

Aniversariantes do dia!

Dr. Guinter Hans Filho; Mirian Paliarin, Silvio Haddad, Dr. José Roberto Amin e nossa eterna cantora lírica Clarice Maciel.

Amanhã eu volto.

Fuuuuuuuuuuuuui.

Comentários

Comentários