As Dez Mais

Terça-feira, 20 de novembro de 2018.

Primeira:

Carlos Marun está bravo com a imprensa do nosso estado. Ele disse ontem nas redes sociais que enquanto foi deputado federal todo mundo falava bem dele porque ele sempre escorregava uma ‘graninha’, e agora que virou ministro e não dá mais nada pra ninguém, todo mundo vive lhe metendo o cacete.

Segunda:

Nesta semana o governador Reinaldo Azambuja deverá tornar pública as modificações que fará em sua administração para 2019. Dizem que ele fará uma espécie de “reforminha”, mas que deseja montar um time experimentado para fazer nos próximos 4 anos um governo irretocável.

Terceira:

Alguém me disse ontem que Azambuja está consertando alguns maus entendimentos que teve ao longo da campanha eleitoral de segundo turno com alguns companheiros. Ele também deverá prestigiar alguns que não se reelegeram, mas que o ajudaram na caminhada. A gratidão é uma marca indelével do governador Azambuja, da qual ele não abre mão.

Quarta:

Um nome que com toda certeza terá seu lugar na formação do futuro governo estadual é o de Enelvo Felini, que teve uma “carrada de votos”, mas foi barrado na legenda. Enelvo faz uma importante ligação entre o agronegócio e o governo estadual. Dizem mais: A Agraer continua sendo a “cara” do Enelvo.

Quinta:

Falando em Marcelo Migliolli, ninguém ainda soube explicar o estranhamento entre ele e o governador, mas todos concordam que “os amigos às vezes brigam”. Marcelo foi um excelente companheiro, é cumpridor dos seus deveres, inteligente, dinâmico e que poderá ser aproveitado no futuro governo.

Sexta:

O jornal ‘Folha de S. Paulo’ pegou de cacete a deputada federal Tereza Cristina Correia da Costa Dias, revelando em generoso espaço o negócio dela com o Grupo JBS, e que está na Justiça. Tereza respondeu à Folha que o negócio entre ela e a JBS nada tem a ver com sua conduta política.

Sétima:

O prefeito Marquinhos Trad (PSD) é candidato à reeleição em 2020. Todos sabem que Marquinhos é imbatível nas urnas, ainda mais com o apoio do Governo do Estado. Nessa dobradinha quem sairá ganhando será o povo campo-grandense. Vai chover obras na nossa Capital. É o que está previsto.

Oitava:

No jogo Palmeiras versus Paraná, em Londrina, no domingo, quem saiu ganhando foi o Paraná que faturou 500 mil reais. É esse tipo de futebol que estamos querendo em nosso Estado. Precisamos de fugir desse negócio dos nossos jogos se resumirem a “testemunhas” e não torcedores.

Nona:

Hoje é dia de eleição na OAB/MS. Três candidatos concorrem ao pleito. As pesquisas indicam que o atual presidente Mansour Elias Karmouche vai ganhar mais 3 anos de mandato para terminar seu programa administrativo que até agora somente trouxe alegria e prestígio aos colegas.

Décima:

O Cotolengo que é uma obra social que dispensa comentários, depois do 13º Porco no Rolete, agora vai promover um bingo daqueles. As cartelas estão custando 10 reais, com prêmios em eletrodomésticos, televisor de LED, Iphones e até R$ 1.500 em dinheiro.  Compre sua cartela e venha se divertir com a família. Ligue 3358-48.48 e colabore.

CHICOTADA DO DIA!.

Dizem que senadora eleita com uma “carrada” de votos, passou “cinco” dias querendo falar com o presidente eleito, no Rio de Janeiro, e não foi recebida. Por lá todo mundo está “bicudo” com a eleita que insiste em tomar as rédeas do partido. Dizem que o “joguinho” dela todo mundo já conhece e que não vão entrar nele do jeito que ela deseja.

Meus Amigos:

Prof. Ernesto; Minha amiga Vilma Felini; Minha amiga Cássia, de Anastácio; Pedrinho Pedrossian Neto.

Aniversariantes do dia!

O Colunista Dácio Correa; minha amiga gaúcha Sandra Marisa Geib de Frederico Westphalen; Denilton Medeiros e Hilton Vilassantti Romero.

Amanhã eu volto.

Fuuuuuuuuuuuuuuui.

Comentários

Comentários