As Dez Mais

Segunda-feira, 05 de novembro de 2018.

Primeira:

Dentro de 50 dias estaremos no Natal. Este ano foi de uma ligeireza de dar medo. As perspectivas para 2019 são excelentes: Presidente novo, dólar baixo e esperança de um Brasil patriótico e fechado com Bolsonaro. É isso: esperança é a última que morre.

Segunda:

Fico sabendo notícias lá de Londrina-Pr, que meu primo Maurílio Bezerra Arruda faleceu. Não precisa pêsames. Isso aconteceu no ano passado. Só fiquei sabendo ontem.

Terceira:

Não acreditem que o prefeito Marquinhos Trad (PSD) está preocupado com seus adversários para a reeleição. Ele está tão envolvido em recuperar a boa administração nesta Capital que não está “esquentando” com isso.

Quarta:

Depois de uma boa pescaria com os amigos para desestressar, o governador Azambuja começa a semana se debruçando sobre as modificações na máquina administrativa.

Quinta:

Assistam o filme Bohemyan Rhapsody que conta a vida de Fred Mercury. Dá pra chorar e rir várias vezes. Nascido de família paquistanesa, ele é a viva demonstração de que Deus ama a todos, mas tem pessoas pelas quais ele tem especial carinho. Recomendo.

Sexta:

Me disseram que o empresário e amigo Antônio João está pensando seriamente em montar um semanário que se chamaria “O Cafofo”. O nome é simplesmente sugestivo.

Sétima:

Xilindró e multa para quem a partir de hoje não respeitar as regras do defeso nos rios sul-mato-grossenses.

Oitava:

A eleição do desembargador Paschoal Carmelo Leandro para presidir o TJMS continua festejada e aplaudida. Simpático, bonacho e competente.

Nona:

A partir do dia 10 as rádios começam tocar as músicas de Natal. Nos supermercados prateleiras e mais prateleiras de panetone. Nas portas das casas começaram instalar as guirlandas. Supermercados projetando alta de 10% nas vendas.

Décima:

Um jovem tomou chá de cogumelos e “ligadão” resolveu dançar balé no pontilhão da Orla Ferroviária sobre a Antônio Maria Coelho. Se desequilibrou, caiu e morreu.

CHICOTADA DO DIA!

Prefeito de Naviraí sofreu princípio de infarto em Brasília. Estava num motel acompanhado. Pensei na hora com meus botões: “Se ele não morreu, vai morrer AGORA quando chegar em casa”.

MEUS AMIGOS!

Nelson Francisco Barbosa e esposa; Jaldo do Procon Municipal; Maurício Vitorino, do Jd. Leblon.

ANIVERSARIANTES DO DIA:

Fabiano Reis, do Sindijus; Ronaldo Gaeta e Ancelmo Nakazato.

Amanhã eu volto.

Fuuuuuuuuuuuuui.

Comentários

Comentários