As Dez Mais

Sexta-feira, 05 de outubro de 2018.

Primeira:

Fim da Propaganda Política Eleitoral nas rádios e televisões do País. De hoje até domingo às 17 horas ninguém pode ser preso a não ser em flagrante. Bares, restaurantes e similares estão proibidos de vender bebida alcoólica a partir de meia-noite de sábado. Domingo as urnas se abrem a partir de 8 da manhã.

Segunda:

Segundo estatística da Justiça Eleitoral, cada eleitor deverá demorar no máximo “1:20 minuto” para votar. Evidentemente que quem não levar a famosa “cola” vai ficar tomando tempo desnecessário na urna. Seja um eleitor precavido. Faça sua cola e bom voto.

Terceira:

O debate dos presidenciáveis que aconteceu ontem na Globo, não foi nem sombra daquilo que era no passado. Já se foram os tempos em que debate presidencial da Globo decidia eleições. Ontem a TV-Record bateu a Globo em audiência ao montar uma estrutura para entrevistar Jair Bolsonaro.

Quarta:

O prefeito Marquinhos Trad, colocou na quarta-feira, depois daquele dilúvio que caiu nesta Capital, um exército de quase duas mil pessoas para limpar as ruas e inventariar os estragos. A reação municipal foi rápida. A Secretaria de Obras mereceu aplausos pela eficiência. Agora restam os buracos.

Quinta:

A Difusora/FM-101.9 prepara no domingo a maior cobertura eleitoral que já se viu nesta Capital. Jornalistas, Locutores, comentaristas e técnicos estão preparados para fazer a melhor cobertura da eleição deste ano.

Sexta:

Delcídio do Amaral, candidato a senador pelo PTC, conseguiu ontem na Justiça Federal o documento que estava faltando para que sua candidatura se legalizasse completamente perante a Justiça Eleitoral, tornando sem efeito sua inelegibilidade.

Sétima:

Alcides Bernal, do Partido Progressista, está fora da eleição. O TSE reconheceu sua inelegibilidade com base na cassação feita pela Câmara Municipal. Em 2016, Bernal conseguiu liminar específica, mas desta vez esse artifício não funcionou. Os votos ele porventura receber, serão anulados.

Oitava:

Semana fraca na Assembléia onde só compareceram 5 deputados nas 3 sessões. Dos 24 deputados, 21 estão tentando se reeleger. Os que não “gazetearam” foram: Paulo Siufi (MDB), Maurício Picarelli (PSDB), Herculano Borges (Solidariedade), Pedro Kemp e Cabo Almi, do PT.

Nona:

O TER/MS criou o Centro Integrado de Comando visando garantir eleições pacíficas e seguras, a fim de zelar pela liberdade de escolha do eleitor e garantir a segurança. O centro funcionará domingo com: PF, PRF, PM, PC, GM, CB e o Exército.

Décima:

Professor de Artes embretou seus alunos adolescentes para que assistissem a um filme pornô de péssima qualidade. Esse descalabro aconteceu numa escola estadual nesta Capital. Pais de alunos e professores do mesmo estabelecimento estão horrorizados, e não é pra menos.

CHICOTADA DO DIA!

Se Fernando Haddad (PT) for eleito Presidente da República, seu partido pretende “regular” ou “democratizar” os meios de comunicação. O PT quer introduzir “restrições” e “proibições” sobre a propriedade de veículos, além de “monitorar” notícias incômodas “por meio de órgão regulador”. A meta petista é “controlar as notícias e destruir as grandes empresas jornalísticas”. Uma inspiração fascista que já está em prática na Venezuela. Nas metas petistas está também: a concessão de rádios e TVs para sindicatos. Essa informação tenebrosa está na coluna de hoje de Cláudio Humberto.

MEUS AMIGOS!

Fabiano Reis, do Sindijus, que mesmo não sendo mais candidato continuou subindo nas pesquisas; Profa. Suely Veiga, presidente da FETEMS, que comemora a abertura de concurso na área da educação estatual para 1.500 contratações; Angelita Ramos de Oliveira, secretária da Escola Clínica Santa Terezinha.

ANIVERSARIANTES DO DIA!

A risonha Irenice Costa Corrêa; A simpática Dra. Kátia Dutra Alves e nossa querida Cláudia Gouveia.

Segunda-feira eu volto.

Fuuuuuuuuuuuuuuuui.

Comentários

Comentários