As Dez Mais

Quarta-feira, 3 de outubro de 2018.

Primeira:

O “truque” das reuniões lotadas nesta Capital finalmente foi descoberto: depois de botar o povão no brete o candidato “contrata” o pessoal como “cabo” eleitoral. Na prática isso nada mais é que compra de votos na cara dura, diante dos olhos da Justiça Eleitoral que nada pode fazer.

Segunda:

Ontem dois “flanelinhas” literalmente “se pegaram” na porrada na XV com a Calógeras. Brigaram por causa da invasão de ponto. O local tem parquímetros, mas eles dizem que também pagam “pau” para os os guardinhas da Flexpark.

Terceira:

Moçada fazendo bandeiradas e distribuindo material nos finais de tardes na Capital. Gente educada e preparada, recebida com educação pelos motoristas. Tô gostando de ver…

Quarta:

A criatividade para vender a boa imagem dos presidenciáveis provoca “frouxos” de riso. Uma delas que todo mundo ri é esta do Facebook que diz: URGENTE!… Aumenta a rejeição de Bolsonaro entre vagabundos, presidiários, maconheiros e mulheres de sovaco cabeludo!…

Quinta:

A numerologia diz que Delcídio do Amaral (PTC) navega com ventos favoráveis. O número dele “368” somado dá 17 que é o do Jair Bolsonaro; e 17, somando 1+7 dá 8, que é o número da Justiça.

Sexta:

Pesquisa IPEMS publicada ontem pelo correio do Estado mostra indefinição para a segunda vaga ao Senado. Nelsinho lidera na primeira vaga, mas a segunda vaga segue indefinida entre Zeca, com 24,09{d124abb9778216420301f7a7fdee54f2d809ca471a8d69088da1a3e9d609e3df}; Moka com 18,83{d124abb9778216420301f7a7fdee54f2d809ca471a8d69088da1a3e9d609e3df} e Delcídio do PTC com 17,08{d124abb9778216420301f7a7fdee54f2d809ca471a8d69088da1a3e9d609e3df}.

Sétima:

Debate de ontem na TV-Morena foi como café amanhecido: morno e fraco. Reinaldo Azambuja (PSDB) foi o melhor de todos. Equilibrado e com números irrefutáveis. Estrategicamente deu um “chega pra lá” no candidato João Alfredo do PSOL, que deixou o João catando papel na ventania.

Oitava:

Quem virou “pó” no debate de ontem foi o tal Marcelo Bluma, do PV. Teve um desempenho ridiculamente fraco. Não conseguia complementar as perguntas e deixava sobrar tempo, demonstrando um conhecimento apenas empírico sobre administração estadual.

Nona:

O Ministério Público Federal Eleitoral meteu a caneta no Alcides Bernal de tal forma, que será difícil para o candidato se manter na disputa eleitoral. Dizem que nem por milagre Bernal vai se manter na disputa.

Décima:

A Receita Federal mandou 383 mil cartas aos contribuintes de todo o País. Pede para que corrijam erros nas suas Declarações de Renda Pessoa Física, relativas ao Exercício de 2017/2018.

CHICOTADA DO DIA!

A onda na política é ‘cornear’ candidatos a governadores que tentarem impor seus candidatos à Presidência. O problema é que além de aliados, existem os próprios candidatos a governador “corneando” os presidenciáveis do mesmo partido. É um “salve-se quem puder”.

MEUS AMIGOS!

Vereador e candidato a deputado estadual Chiquinho Telles; Ana Paula da equipe Miglioli; Delcídio do Amaral que amanhã estará no meu programa; Des. João Batista da Costa Marques.

ANIVERSARIANTES DO DIA!.

Ex-deputado federal e ex-senador da República nosso querido Dr. Ruben Figueiró de Oliveira; A simpática Terezinha Jallad e Dr. Mário Xavier.

Amanhã eu volto.

Fuuuuuuuuuuuuui.

Comentários

Comentários