As ‘dez’ mais

Quinta-feira, 07 de julho de 2016.

1ª)

A Polícia Federal de Campo Grande começou o dia correndo atrás de corruptos. É a Operação ‘Aviões de Lama’, terceira fase da ‘Lama Asfáltica’. Edson Giroto e seu cunhado Flávio Henrique Garcia estão de novo no xilindró. Giroto virou mesmo ‘chave de cadeia’. Ele vendeu o bimotor Baron PT-TSM por 2 milhões e dividiu o butim entre os sócios.

2ª)

O deputado Elizeu Dionízio (PSDB) que prometeu vir à Câmara de Campo Grande para falar sobre o relatório que fez na cassação de Alcides Bernal tem dado mil desculpas para não comparecer. Uma delas é a de que “anda muito ocupado”.

3ª)

A coisa está feia lá pras bandas da Prefeitura. Todo mundo pisando em ovos com as notícias nacionais sobre a quebra do sigilo telefônico de Valdir Maranhão, presidente interino da Câmara Federal e envolvido até o pescoço com maracutaias.

4ª)

Maranhão era uma espécie de ‘corretor’ de dinheiro bom pra trocar por dinheiro ruim, e isso gerou a ‘Operação Miquéias’ que pode ter detectado o sumiço dos R$ 109 milhões de reais do Instituto Municipal de Previdência da Prefeitura de Campo Grande.

5ª)

A Folha de São Paulo, um dos maiores jornais deste país, mandou dois jornalistas investigativos a Campo Grande para entrevistar Alcides Bernal, citado por Valdir Maranhão na Operação Miquéias, mas Bernal fugiu deles como o diabo foge da cruz. Baseado no ditado que diz ‘Quem não deve não teme’, é possível que brevemente estejamos no noticiário nacional, e como sempre de forma inusitada e feia.

6ª)

O vereador Alex do PT está com sangue no ‘zóio’ e ‘faca nos dentes’ para pegar Alcides Bernal na campanha política. Ele não consegue esquecer o carreirão que lhe deram no Vespasiano Martins devido a uma mentira bem contada. Alex é pré-candidato a prefeito pelo PT e vai ter – além da imunidade do horário político – muito tempo de televisão. Vai ser um regaço.

7ª)

Para não ficar fora da política onde ela tem amigos e simpatizantes, a ex-vereadora Thaís Helena está empenhada na campanha do seu esposo Alysson do PT, que é pré-candidato a vereança.

8ª)

A votação sobre a liberação dos jogos de azar ficou para a próxima semana. Tem gente querendo ‘melar’ a parada, mas o assunto tem empolgado cidades que poderão reforçar o turismo com cassinos.

9ª)

Quem está passando apertado é o nosso Ministério Público Estadual. Hacker invadiram seus sistemas, coletaram dados e ameaçam divulgá-los no Wikileaks. Dizem que será uma verdadeira bomba. O grupo ‘Anonymous’ disse que fará isso como retaliação pela morte de um indígena em Caarapó.

10ª)

Estrategistas políticos começaram espalhar que Alcides Bernal, que já foi o ‘bicho-papão’ de votos na eleição passada está desandando tão rápido na opinião pública que poderá nem estar no segundo turno, se realmente ele concorrer à reeleição. Chegaram prever que na disputa futura poderão estar os pré-candidatos Marquinhos Trad e Rose Modesto.

Amanhã eu volto.

Fuuuuuuuuuuuuui.

Comentários

Comentários