Vereador Francisco cobra ação da Agetran contra veículos abandonados

Com uma frota de aproximadamente 600 mil veículos circulando pelas ruas de Campo Grande, alguns com pneus carecas, faróis danificados, sem luz de freio, além da documentação em desacordo com a legislação de trânsito vigente, a humanização do trânsito precisa da participação de todos.

Além dos problemas cima enumerados, o vereador Francisco Gonçalves de Carvalho (PSB) constatou ainda que a cidade convive há anos com um problema que consiste no abandono de carros na periferia comprometendo o tráfego e ocasionando acidente.

De acordo com o parlamentar do Partido Socialista Brasileiro, “os veículos abandonados representam risco permanente para os moradores uma vez que são utilizados por viciados em drogas e assaltantes que agem a luz do dia ou à noite”, destacou preocupado o parlamentar.

Outra observação considerada pertinente pelo vereador diz respeito ao encaminhamento dos veículos apreendidos pela Guarda Civil Municipal e/ou Agente de Trânsito não mais para o pátio do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), mas para um espaço da própria municipalidade.

Ainda conforme o vereador veterinário Francisco, a melhoria do trânsito passa obrigatoriamente por adoções de medidas relativamente simples, citando como exemplo o recolhimento dos veículos que estão abandonados nas ruas, além da apreensão dos que estão trafegando irregularmente, acrescentando que “os veículos que não forem procurados pelos donos seriam leiloados e a verba arrecada destinada para a assistência social”.

Comentários

Comentários