Vendas do varejo crescem 10,6{d124abb9778216420301f7a7fdee54f2d809ca471a8d69088da1a3e9d609e3df} e MS tem 4º melhor desempenho do País

Foto: David Majella

As vendas do comércio varejista ampliado cresceram 10,6{d124abb9778216420301f7a7fdee54f2d809ca471a8d69088da1a3e9d609e3df} em volume em Mato Grosso do Sul no mês de novembro de 2018, em relação ao mesmo período do ano anterior.

É o quarto melhor resultado do País, perdendo apenas para Rondônia, Mato Grosso e Pará, conforme levantamento divulgado nesta terça-feira (15.01) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

O comércio varejista ampliado inclui as atividades de veículos, motos, partes e peças e de material de construção. O desempenho de Mato Grosso do Sul superou em quase 5 pontos percentuais a média nacional, que foi de um crescimento de 5,8{d124abb9778216420301f7a7fdee54f2d809ca471a8d69088da1a3e9d609e3df}.

Em Mato Grosso do Sul, o crescimento foi impulsionado pelas promoções da “Black Friday”, pelo aumento da confiança na economia e pelo pagamento em dia dos servidores, mesmo antes do anúncio do cronograma da injeção de R$ 1,5 bilhão, com o pagamento de dois salários e 13º em 35 dias pelo Governo do Estado.

De acordo com o presidente da CDL Campo Grande (Câmara dos Dirigentes Lojistas), Adelaido Vila, o pagamento do salário dos servidores em dia reflete diretamente nas vendas.

“Com o pagamento do salário, as vendas aumentam. De dezembro para cá, as consultas ao SPC [Serviço de Proteção ao Crédito], que funciona como um termômetro para medir as vendas, subiram 15{d124abb9778216420301f7a7fdee54f2d809ca471a8d69088da1a3e9d609e3df}. Já o endividamento no comércio da Capital diminuiu 18{d124abb9778216420301f7a7fdee54f2d809ca471a8d69088da1a3e9d609e3df}”, disse.

Créditos: Paulo Fernandes – Subsecretaria de Comunicação

Comentários

Comentários