“Remendo” cirúrgico que faz o coração bater está pronto para teste em humanos

Um remendo de 3 por 2 centímetros, promete ajudar milhares de pacientes que sofrem de insuficiência cardíaca fazendo com que o coração volte a bater normalmente. Feito a partir de células-tronco do próprio paciente, o remendo é costurado no coração para dar uma força para o órgão bater corretamente e até a de liberar medicamentos que consertam e regeneram as células cardíacas existentes.

Feito a partir de 50 milhões de células cultivadas por três a quatro semanas, depois de costurado ao coração, o remendo faz com que as células troncos contidas no remendo se transformem posteriormente em células musculares cardíacas, revertendo a perda da capacidade do coração de bombear sangue após um ataque cardíaco.

O novo dispositivo foi considerado seguro em testes feitos em animais e deve começar a ser testado em humanos nos próximos dois anos. Nos testes realizados em coelhos por pesquisadores da Imperial College London (Inglaterra), foram necessárias apenas quatro semanas para que os ventrículos esquerdos dos coelhos (câmara responsável por bombear sangue para o corpo através da aorta) voltassem a desempenhar suas funções normalmente, sem desenvolver nenhuma arritmia.

Isso graças à capacidade do remendo de receber oxigênio e nutrientes de pequenas veias que cresceram nele a partir do coração. O resultado do estudo e o anuncio do teste em humanos foi divulgado em uma conferência da Associação Cardiovascular Britânica (BCS, sigla em inglês), em Manchester. Segundo o pesquisador Richard Jabbour , um dos coordenadores da pesquisa, em breve o remendo será parte de um tratamento rotineiro para esse tipo de paciente.

 

Comentários

Comentários