Proposta financeira menor do que PSG fez Cristiane recusar o Barcelona

Atacante da Seleção opta por não seguir o mesmo caminho de Andressa Alves

O Barcelona anunciou na terça-feira um reforço brasileiro para o time feminino. Andressa Alves acertou um contrato por uma temporada com o clube espanhol, que no masculino conta com o famoso trio MSN – Messi, Suárez e Neymar. Mas ela não foi a única atleta do país pretendida. Cristiane foi outra a receber uma oferta, mas a proposta financeira não foi boa. O Paris Saint-Germain ofereceu uma maior valorização e, por isso, a atacante está perto de assinar uma renovação com os franceses.

– É. Na verdade, eles estão querendo começar a investir. Eles têm toda a estrutura com categorias de base. Porém, eles estão começando a crescer agora. O PSG, como gostou do ano que tive lá, por conta de Olimpíada, pode ser que eu estoure depois do Jogos. Então talvez eles queiram meio que se assegurar antes e renovar o contrato. Fizeram uma proposta melhor que eu fiquei muito feliz por isso justamente pelo ano. Se eu tivesse feito um ano ruim, eu talvez não estivesse perto de renovar, porque ainda não renovei. Estaria de renovar. Por tudo que eles já têm. Por ter criado afinidade. Não descartaria ter ido para o Barcelona, mas, como eu disse, eles ainda estão começando a investir mais. Acredito que o ano que vem eles estejam com a questão financeira maior – afirmou Cristiane ao GloboEsporte.com.

A jogadora da seleção brasileira ressalta que o trabalho na equipe catalã é muito bom, mas que no futebol feminino nem sempre pode se dar ao luxo de escolher pelo “time dos sonhos”. O lado salarial é a garantia de futuro em uma modalidade que não recebe a mesma valorização que em relação ao homens.

– Eles têm um trabalho muito bom. Gostei muito quando jogamos contra. Elas só não tinham poder ofensivo de matar a jogada. Trabalham muito bem a bola, passam bem. Mas esse lado pesou. Infelizmente, no futebol feminino, acaba pesando para nós o lado financeiro. Porque se não fosse o lado financeiro ninguém tinha saído do Brasil – disse ela, que está concentrada com o Brasil para a disputa da Olimpíada – a Seleção estreia dia 3 de agosto, no Engenhão, diante da China.

Fonte: Ge

Comentários

Comentários