Procon/Ms estabelece limite no preço do botijão de gás

Após inúmeras denúncias do preço abusivo do botijão de gás, que em alguns casos ultrapassa R$ 100,00 a superintendente em exército do Procon/MS Patrícia Mara da Silva se reuniu com alguns revendedores que negaram estar revendendo o produto por um valor abusivo. O encontrou aconteceu nesta manhã de quinta-feira (14), na Sede do Órgão.

A justificativa da classe é a greve dos caminhoneiros que prejudicou o abastecimento. Este por sua vez não normalizou. Muitos locais sofrem com a falta do produto para ser comercializado.

Um acordo foi feito junto a classe de trabalhadores, impedindo que os clientes seja alvos de preços abusivos utilizando como parâmetro os preços fixados pela ANP. Preços superiores a 12% da tabela passam a ser considerados abusivos.

Comentários

Comentários