Presidindo comissão, Coronel David se reúne para definir ações de segurança em MS

Foto Divulgação
Na manhã desta última quinta-feira (28)  a Comissão de Segurança Pública e de Defesa Social, presidida pelo Deputado Coronel David (PSL) se reuniu pela primeira vez neste mandato para discutir a alteração da atribuição que consta no regimento interno da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, tornando assim as decisões  mais dinâmicas, desempenhando um novo e importante papel nas definições e nas proposições de uma política voltada para a Segurança Pública do nosso Estado.
Na reunião com os deputados componentes, foram discutidas ações que serão desencadeadas já a partir de agora, e com isso, foi definido que a Comissão se reunirá com o Secretário de Justiça e Segurança Pública  para tomar conhecimento do trabalho desenvolvido para prevenção e repreensão ao crime que estão sendo adotados no estado.
Ainda foi solicitado ao Presidente da Assembleia, Paulo Correa, um ofício destinado ao Secretário de Segurança, à Secretária de Educação e às entidades de Pais e Mestres das escolas de todo Mato Grosso do Sul, para que seja realizada uma reunião tratando sobre a violência nos ambientes escolares.
“Pretendemos participar ativamente, buscar soluções para os problemas que são enfrentados pela sociedade e principalmente intermediar junto ao poder público estadual e federal aquilo que for necessário para que realmente o trabalho funcione de forma adequada. Lembrando que a segurança pública não vive somente com a compra de viaturas, equipamentos, precisamos valorizar nossos policiais,  por trás da farda e do distintivo existe um profissional, um ser humano que precisa ser valorizado”, concluiu o Presidente da Comissão Deputado Coronel David.
A Comissão de Segurança Pública e de Defesa Social é composta pelos membros tiulares, Coronel David (PSL) Presidente, Cabo Almi (PT) vice-presidente, Capitão Contar (PSL), Barbosinha (DEM) e Marçal Filho (PSDB). Os suplentes da comissão são: João Henrique (PR), Antônio Vaz (PRB), Pedro Kemp (PT), Jamilson Name (PDT) e Onevan de Matos (PSDB).

Comentários

Comentários