Polícia investiga golpe do ‘falso emprego’

Foto Ilustrativa

Golpista usa espaço da FUNTRAB para enganar candidatos e pedir nudes. A Polícia Civil está investigando o caso que teria feito pelo menos cinco vítimas na Capital com a falsa promessa de emprego. De uma vítima o falsário teria arrecado R$ 2 mil.

Informações policiais são de que o golpista usava o espaço que é disponibilizado pela FUNTRAB à empresas na seleção de candidatos. Um funcionário o órgão acionou os policiais hoje pela manhã. No celular do estelionatário foi encontrado várias conversas tentando ludibriar pessoas que procuram uma vaga de emprego. Além de usar este meio para conseguir manter relações sexuais com as vítimas. A polícia investigando o caso.

Comentários

Comentários