Polícia Civil salva jovem que seria julgado pelo Tribunal do Crime

Foto: Polícia Civil

DOURADOS-MS (Correspondente) – Policiais da Defron e do Setor de Investigações Gerais prenderam na noite de sexta-feira (9), um jovem (21) vulgo “Guerreiro” e dois homens de 40 e 34 anos vulgos “Paraguaio” e “Guerreiro” e uma mulher (34) vulgo “Cidinha”. Os policiais chegaram até eles após a família de uma jovem de 19 anos procurar a Delegacia para informar que ela havia sido levada contra a sua vontade por um homem que se identificou como membro de uma facção criminosa. A vítima então foi obrigada a acompanhar o criminoso pois, do contrário, seu irmão seria morto por outros integrantes da facção criminosa dentro da Penitenciária Estadual de Dourados.

De posse das informações, policiais realizaram diligências e encontraram a vítima em uma residência localizada no Jardim Márcia, e a moto utilizada para levá-la. Eles conseguiram prender “Guerreiro”, que confessou que levou a vítima até um local no bairro cachoeirinha, em Dourados, embora negue que tenha realizado ameaças à vítima.

Em outra residência, no bairro Cachoeirinha, os policiais encontraram e prenderam em flagrante “Paraguaio”, e “Cidinha”. Os autores mantinham a vítima em cárcere privado desde o dia anterior (8), obrigando que esta permanecesse no local, onde seria “julgada” por ter, supostamente, denunciado outros membros da facção para a polícia.

Diante dos fatos, os autores foram presos e conduzidos até a sede do 1º Distrito Policial de Dourados onde foram autuados em flagrante pelos crimes de Sequestro e Cárcere Privado e Associação Criminosa e permanecem presos a disposição da justiça.

Comentários

Comentários