Polícia Civil prende capataz e mais dois por furto de gado em Ladário

Ladário (MS): Na tarde da úlltima terça-feira (7), a Delegacia de Polícia Civil em Ladário efetuou a prisão em flagrante de três indivíduos pelo crime de furto de gado (abigeato). Após receber uma informação de que um veículo passaria com drogas, policiais civis realizaram campana nas imediações da Estrada Parque, no entroncamento com a Estrada 72, quando visualizaram uma picape Chevrolet/Montana em atitude suspeita, com a carroceria rebaixada, com um gado nelore abatido e divido em partes, de aproximadamente 150 kg.

Em abordagem, os suspeitos de 44 e 47 anos se apresentaram como proprietários da vaca, mas não portavam qualquer documento que comprovasse. Posteriormente, foi apurado que a vaca havia sido abatida na Fazenda Progresso, com o auxílio do capataz, 48) anos, e sem o consentimento ou autorização do proprietário.

A investigação apontou ainda, que o capataz também arrendava parte da fazenda aos demais autores sem o consentimento do proprietário. As investigações prosseguirão para esclarecer toda a dinâmica e o “modus operandi” dos autores, assim como para quantificar quantos gados foram subtraídos e abatidos sem a autorização do dono da fazenda.

Os autores foram presos em flagrante e responderão pelos crimes de furto qualificado de gado (abigeato), concurso de agentes e abuso de confiança, com penas de reclusão de 2 a 5 e 2 a 8 anos.

A Polícia Civil ressalta que já está implementado o sistema de disque-denúncia. A população poderá denunciar via aplicativo Whatsapp qualquer prática delituosa pelo número 67-99668-1679. O sigilo da identidade e número telefônico serão mantidos.

Créditos: Polícia Civil

Comentários

Comentários