PMA autua pecuarista campo-grandense por desmatamento ilegal em Nioaque

Durante fiscalização ambiental em propriedades rurais no município de Nioaque, Policiais Militares Ambientais de Jardim localizaram ontem (01/05), uma área de vegetação nativa desmatada, em uma propriedade localizada a 6 km da cidade. Na área desmatada já havia pastagem, porém, a vegetação derrubada encontrava-se em leiras no local. O fazendeiro confirmou que não possuía autorização ambiental para a atividade.

Os policiais mediram com uso de GPS a área desmatada ilegalmente, que perfez 14,6 hectares destruídos. As atividades foram interditadas e o proprietário da fazenda, de 37 anos, residente em Campo Grande, foi autuado administrativamente e multado em R$ 4.350,00.

O infrator foi notificado a apresentar um Plano de Recuperação da Área Degradada (PRADE) junto ao órgão ambiental estadual.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL

Comentários

Comentários