PF prende agente penitenciário acusado de facilitar entrada de drogas em presídio

Foto: Midiamax

TRÊS LAGOAS-MS (Correspondente) – A PF deflagrou a Operação Ponto Cegora; uma alusão ao chefe da quadrilha Alexandre, vulgo ‘Zóio’. Fato aconteceu nesta quinta-feira (19), em Três Lagoas/MS.

Nove mandados de prisão preventiva foram cumpridos, Onze de busca e apreensão e um mandado de prisão foi cumprido na Capital onde já se encontra preso no Centro de Triagem um dos integrantes da quadrilha um agente penitenciário.

Alexandre da Cruz é apontado pela PF como o chefe da organização criminosa, que está preso no estabelecimento penal de Três Lagoas. Investigações apontam que a sua esposa, cunhados e irmãos são os responsáveis pelo ‘negócio’ da família do lado de fora do presídio. Todos os integrantes da família foram presos.

Comentários

Comentários