PF deflagra operação contra fraudes no Ministério do Trabalho

Brasília-DF (Correspondente) – A PF deflagra nesta manhã de terça-feira (18) a Operação Registro Espúrio, que investiga fraudes na gestão do Ministério do Trabalho.

São cumpridos   dezesseis mandados de busca e apreensão e nove mandados de prisão temporária relacionados a desvios em valores da chamada Conta Especial Emprego e Salário (CEES). Tiago Cedraz, filho do ministro Aroldo Cedraz, do TCU é um dos alvos da operação. Agentes estão vasculhando a casa e o escritório do suspeito. Um dos mandados de prisão diz respeito ao sócio do advogado, a Bruno Galiano.

Comentários

Comentários