PF combate crimes ambientais na região da Amazônia

Foto Ilustrativa

RIO BRANCO-AC (Correspondente) – A Polícia Federal, com o apoio do Ministério Público Federal e do Exército Brasileiro, deflagrou nesta quarta-feira (8) a Operação Ojuara, com o objetivo de desarticular organização criminosa responsável por desmatamentos na Amazônia. As investigações apontaram que o grupo criminoso praticava lavagem de dinheiro e corrupção praticados em tese por servidores públicos por policiais militares lotados na cidade de Boca do Acre/AM e por grandes pecuaristas da região sul do Estado do Amazonas. Além de indícios de pecuarista que invadiam terras da União e comandavam desmatamento e contratavam policiais militares para fazer a proteção das máquinas e das áreas de desmatamento, expulsar e ameaçar moradores locais. Uma tentativa de homicídio foi praticada contra um pequeno produtor rural durante a atuação de grilagem de terra e desmatamento de uma área. Os investigados foram alvo de 169 autos de infração lavrados pelo IBAMA, somando aproximadamente R$ 147 milhões em aplicação de multas, referente a uma área de 86 mil hectares, equivalente à duas vezes a área urbana da cidade de Rio Branco/AC.

Comentários

Comentários