Pedreiro que matou em legitima defesa é absolvido em Júri Popular

Foto: Marcos Ermínio / Midiamax

O Tribunal do Júri absolveu Levi Ferreira Gomes durante a ação julgatória na quarta-feira (30), em Campo Grande/MS.  O pedreiro matou a tiros o traficante Jeunes Jeferson Amaral Fidelis, vulgo “Dentinho”, no Bairro Vila Santo Eugênio, em outubro de 2014. Ele alegou que matou em legítima defesa, pois estava defendendo sua família. Apesar da absolvição do homicídio, Levi foi condenado a dois anos pelo crime de porte ilegal de arma de fogo. Revólver que utilizou no homicídio. Levi cumprirá a pena em regime aberto. Como a pena é baixa o magistrado determinou a suspensão condicional do processo de dois anos. Contudo deverá no primeiro ano prestar serviços à comunidade e a proibição de frequentar alguns lugares e de se ausentar da cidade sem prévia autorização da justiça. Além do comparecimento todo mês ao juizado.

Comentários

Comentários