Para ampliar a qualidade no atendimento, CER/APAE confecciona próteses ortopédicas em 2 horas e meia

A de quinta-feira (23), o Centro Especializado em Reabilitação e Oficina Ortopédica da APAE de Campo Grande (CER/APAE), confeccionará as próteses ortopédicas em até 2 horas e meia. A nova técnica utilizada pelos técnicos da unidade é a Direct Socket, da Empresa Össur da Islândia, referência mundial em próteses e tecnologia assistiva.
Os técnicos do CER/APAE, Dorival Daikon Villalta e Luiz Henrique Medina, receberam a última etapa da capacitação hoje, in loco. Durante toda a quinta-feira eles foram auxiliados pelo Fábio Leandro Silva da Empresa Össur. Antes, eles estiveram em Foz do Iguaçu – PR e em São Paulo – SP, para a realização dos dois módulos da capacitação.
O CER/APAE levava em média 20 dias para a confecção das próteses ortopédicas, com a capacitação, a unidade se torna pioneira na tecnologia Össur no Centro-Oeste, levando apenas duas horas e meia para a produção.
De acordo com o Coordenador Técnico do CER/APAE, Paulo Henrique Muleta Andrade, “o CER/APAE segue ampliando a qualidade no atendimento e possibilitando aos usuários do SUS (Sistema Único de Saúde), técnicas muitas vezes inacessíveis para usuários de convênios ou até mesmo particulares”, disse.
Quem ficou encantado e satisfeito com a rapidez da confecção da prótese foi o paciente Manoel F. de Paula, de 59 anos. “Achei essa nova técnica fundamental para nós amputados, pois não esperaremos muito tempo para levar nossa prótese”, afirmou.

Comentários

Comentários