Padrasto estupra enteada após descobrir que ela é lesbica

Uma jovem de 18 anos procurou a Delegacia Especializada à Mulher na quinta-feira (2) na Capital para denunciar o estupro sofrido pelo padrasto de 25 anos. A vítima relatou que após o autor descobrir que ela era lésbica após flagrá-la beijando outra garota começou a chantageá-la. Se ela não manteve relações sexuais com ele mostraria o vídeo a família. Após o abuso sexual, a garota chegou a contar a diretoria da escola, mas nada foi feito. A delegada Thaís França informou que vai ouvir a direção da instituição de ensino sobre o caso. O caso está sendo investigado.

Comentários

Comentários