Operação da PF mira fraude em licitações na compra de cartilhas em MS

Foto: Willer Dias/TV Morena / G1

A Policia Federal deflagra nesta manhã de quinta-feira (14) a Operação Aprendiz um desdobramento da Operação Toque de Midas II que apura o superfaturamento na compra de cartilhas educativas pela Secretaria de Estado da Casa Civil, causando um prejuízo estimado em R$ 1.600.577. Participam da operação 47 policiais que estão cumprindo 11 mandados de busca e apreensão em empresas ligadas ao ramo gráfico e de publicidade e também em residências de suspeitos. Participam da Operação representantes do MPF, promotores de justiça e a CGU. Os mandados foram expedidos pela 4ª Vara Criminal Residual de CG. Na intervenção foram apreendidos documentos que revelam a falta de exigência de licitação, superfaturamento e sobrepreço na aquisição de material educativo pelo governo do Estado, com a intermediação de agência de publicidade.

Comentários

Comentários