NOTA: Executado suposto integrante do PCC a tiros de frente à chácara em Ponta Porã

Mauri Jorge da Silva Braga, de 32 anos, foi assassinado a tiros na manhã de hoje em uma chácara em Ponta Porã. Ele havia saído recentemente do presídio e estava hospedado na casa de um tio.

O Investigador da 2ª Delegacia de Polícia Civil relatou que a vítima estava presa em Dourados e chegou recentemente à cidade. Hoje ele recebeu uma ligação e foi atender um grupo de homens na porta da residência.

O tio do rapaz estava aos fundos da chácara, cuidando de animais, quando ouviu os disparos. Quando chegou à frente do domicílio, se deparou com o sobrinho já morto. Ele acionou a polícia.

De acordo com o policial, Mauri relatava que era integrante do Primeiro Comando da Capital (PCC). Caso será investigado pela 2ª DP com a delegada Sueili Araujo Lima Rocha.

Comentários

Comentários