No coração financeiro do País, MS apresenta projetos de infraestrutura para atrair investidores

Fotos: Edemir Rodrigues/arquivo Subcom

Mato Grosso do Sul é um dos protagonistas do 2º Café com Mercado que acontece nesta quarta-feira (27.11), na B3 – Brasil, Bolsa, Balcão, em São Paulo. No coração financeiro do País, onde são realizados os maiores volumes de negócios do Brasil, o governador Reinaldo Azambuja vai apresentar as potencialidades do Estado com um único objetivo: atrair investimentos para fomentar ainda mais a economia sul-mato-grossense.

Vão acompanhar o governador, os secretários estaduais Eduardo Riedel (Governo e Gestão Estratégica), Jaime Verruck (Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar) e Eliane Detoni (secretária especial do Escritório de Parcerias Estratégicas da Segov), além do diretor-presidente da Sanesul, Walter Carneiro.

Na pauta do evento, o Estado apresentará o projeto de concessão da Rodovia MS- 306, os projetos de parceria público-privada (PPP) de Esgotamento Sanitário e Infovia Digital, o projeto de desestatização da MSGÁS e a Rota Bioceânica.

Vale lembrar que três destes projetos citados já estão bem avançados. A concessão da MS-306 está com edital de licitação publicado e vai a leilão no dia 5 do próximo mês, também na B3, em São Paulo. O projeto de PPP de Esgotamento Sanitário está concluído e seguirá nos próximos dias para aprovação do Conselho Gestor de PPP do Estado e posterior abertura de Consulta Pública.

O trançado da Bioceânica já ganhou contornos com a entrega do primeiro trecho do lado do Paraguai. No último dia 22, foram inaugurados 40 quilômetros da Transchaco, rodovia vital para a Bioceânica. A entrega antes do prazo determinado torna a rota – que unirá o Oceano Atlântico ao Pacífico, via Mato Grosso do Sul – mais consolidada.

Além da presença do Governador do Estado de MS, Reinaldo Azambuja, o 2º Café com Mercado contará ainda com as presenças dos governadores Ratinho Júnior, do  Paraná e Renato Casagrande, do Espírito Santo.

Concessão MS- 306

A MS-306 será a primeira concessão rodoviária do Estado. O objetivo é acelerar investimentos nessa importante rota de escoamento da produção, garantindo melhores condições de trafegabilidade e segurança aos seus usuários.

O projeto prevê, dentre outras obras a serem realizadas, a implantação de acostamento ao longo de toda rodovia, construção de terceira faixa em segmentos críticos, adequação das interseções existentes e construção de novas rotatórias, além da implantação de retornos e adequação de pontes e viadutos.

Para o governador Reinaldo Azambuja, a MS-306 é polo de integração comercial entre MS, MT, SP, GO e MG, sendo rota de escoamento de produção de açúcar, álcool, algodão, soja e milho. “É evidente a necessidade de realização de grandes melhorias nas condições de sua trafegabilidade, em razão do tráfego intenso de veículos comerciais, bem como da necessidade de garantir a segurança dos usuários, diante dos elevados índices de acidentes”, ponderou.

O secretário de Estado de Governo e Gestão, Eduardo Riedel, avalia que a modelagem da concessão apresentada ao mercado garante à rodovia todas as melhorias necessárias. “O projeto apresentado ao mercado foi amplamente discutido e garante os investimentos integrais previstos para a rodovia”

A concessão da rodovia irá disponibilizar aos usuários importantes serviços, dentre os quais podem ser citados: socorro mecânico, socorro médico, inspeção de tráfego, postos de atendimento aos usuários e um moderno Centro de Controle Operacional (CCO) que realizará a cobertura de 100% da rodovia, 24 h por dia, em tempo real.

A licitação da rodovia, que ocorrerá no próximo dia 5 de dezembro, adotará o critério de julgamento de maior oferta de outorga. Esses recursos serão revertidos ao Fundersul para manutenção da malha rodoviária estadual e servirão como instrumento de gestão do contrato, especialmente para modicidade tarifária. A concorrência adotará o critério de maior valor de oferta.

Comentários

Comentários