Motorista foge arrastando vítima por 150 metros

Uma fuga quase levou a morte de um homem na noite de sábado (12) na Via Parque em Campo Grande (MS). O representante comercial Décio Azeve (42) conduzia uma camionete pela avenida quando um Honda Civic bateu em seu veículo na rotatória com a Avenida Mato Grosso. Apesar da colisão, o condutor do carro não parou iniciando uma perseguição entre os envolvidos. Décio conseguiu para o condutor do Civic próximo do Clube Estoril.

Ao tentar tirar a chave do carro a vitima percebeu que o infrator estava alteado que arrancou o carro. “Minha mão ficou presa e quando consegui desprender a mão, tive medo de soltar do carro, pois ele corria muito. Ele passou por um radar e vi que estava a 90 quilômetros por hora”, conta o Décio, que foi socorrido e levado para a Santa Casa.

Ele foi arrastado por cerca de 150 metros, ficando com os pés em carne viva, além de outras escoriações pelo corpo. Na segunda-feira (14) registrou Boletim de Ocorrência onde lembrou a placa do carro que segundo a polícia estaria em Araçatuba (SP). Câmeras de segurança de um posto de gasolina e as imagens do redutor de velocidade irão auxiliar nas buscas. O caso foi registrado como evasão e lesão corporal dolosa e a Polícia Civil investiga o caso.

Comentários

Comentários