Marun apoia medida que reconhece supermercados como atividade essencial

Em cerimônia realizada no Palácio do Planalto na manhã da quarta-feira (16), o deputado federal Carlos Marun (PMDB-MS), e supermercadistas de Mato Grosso do Sul e de outros Estados acompanharam mais um passo positivo do governo.

O presidente Michel Temer assinou decreto que reconhece os supermercados como atividade essencial. Com essa medida, o setor tem segurança jurídica para contratar empregados e negociar com prefeituras e sindicatos a abertura dos estabelecimentos aos domingos e feriados em todo país.

Para Marun, o decreto é mais um passo para a modernização da economia brasileira. “A medida melhora o ambiente de negócios, torna o segmento mais competitivo, ajuda no crescimento de empresas e gera mais empregos, além de beneficiar brasileiros, que muitas vezes, têm a necessidade de ir ao supermercado nos fins de semana e feriados”, enfatizou o deputado.

Após a cerimônia, Marun também elogiou as ações do governo, principalmente na área econômica. “Os resultados do comércio varejista, as oportunidades de emprego e a queda da inflação são exemplos de como o governo tem evoluído em tão pouco tempo”.

Setor supermercadista

Os supermercados estão espalhados por todo Brasil. São cerca de 89 mil estabelecimentos que empregam mais de 1,8 milhão de pessoas. De acordo com dados da Associação Brasileira de Supermercados (Abras), os supermercados representam 83,7{d124abb9778216420301f7a7fdee54f2d809ca471a8d69088da1a3e9d609e3df} da comercialização de produtos de primeira necessidade.

Marun ressalta a importância do decreto assinado pelo presidente Temer para o setor supermercadista. “Apesar de esta área ter evoluído desde seu surgimento, a legislação não acompanhou esse progresso. Por meio desta medida, a atividade será reconhecida pelo seu papel de aproximar o consumidor do desenvolvimento econômico e produtivo”, concluiu o deputado.

Comentários

Comentários