Justiceiros na fronteira executa três pessoas suspeitas de roubos

Foto: Porã News

PONTA PORÃ-MS (Correspondente) -Três vítimas identificadas por Pedro Yanel Barua Acosta (35) inspetor policial da Polícia Nacional do Paraguai envolvido em roubos de camionetes e preso no último dia 9 de janeiro, mas solto após ser beneficiado com uma prisão domiciliar e Venancio Ramon Romero (29) e Delio Roselver Santa Cruz (31). Todos foram executados com vários tiros de pistola 9mm na altura da cabeça, na manhã de domingo (7), em Pedro Juan Caballero/PY. Populares que passavam por uma estrada vicinal de terra avistaram os corpos e acionaram a polícia local. Cadáveres estavam com as mãos e pés amarrados ao lado de uma caminhonete Ford abandonada, cor prata e uma descrição em cartolina com os dizeres “Por roubar a inocentes, não roubar caminhonete, justiceiros da fronteira”. O caso está sendo investigado.

Foto: Porã News

Comentários

Comentários