Jovens se passam por clientes e roubam táxi em Campo Grande

Um taxista relatou que foi rendido por dois assaltantes no último fim de semana em Dourados/MS. Os criminosos se passaram por clientes para conseguir atraí-lo.

O pedido de corrida aconteceu na rodoviária da cidade, no momento em que a vítima havia parado para tomar um café. “Pediram uma corrida para levar ali na saída para Ponta Porã, numa boate. Eles não aparentavam, assim, suspeita”, relatou o taxista.

Os supostos ‘clientes’ anunciaram o assalto somente na rodovia BR-463, em frente a uma boate, onde seria o ponto final da corrida. De acordo com o taxista, ele chegou a ser amarrado e lutou com um dos suspeitos.

“Aí eu consegui tirar o cinto do pescoço e consegui fugir. Quando fugi um agarrou, aí caí no chão e rolamos ali. Até que eu escapei deles. Eu acho que se tivesse entrado no porta-malas eles me matavam depois”, relembrou.

O taxista conseguiu ajuda de um casal que passava pela rodovia. Já a dupla de assaltantes fugiu com o carro e todos os objetos da vítima sentido Ponta Porã, região de fronteira com o Paraguai.

Marcelo Coca,  policial militar orientou que  “O que eles [taxistas] podem fazer é ter um pouco mais, digamos, de curiosidade. Quando for fazer uma corrida, perguntar para a pessoa de onde vem, para onde está indo, informações de que se mora na cidade, se não mora”.

Comentários

Comentários