Jornalista é preso suspeito de ligação com o PCC

Foto Midiamax

Sandro Sául Sánchez, jornalista da fronteira de MS foi preso após suspeita de ligação com o PCC. Conforme o ABC Collor.

Ainda de acordo com a reportagem Sánches foi preso em Villarrica após fuga de uma abordagem. O jornalista não possui passagens pela polícia, mas é suspeito pois teria aparecido com integrantes do grupo criminoso em fotos. O mesmo afirma não conhecer.

O jornalista declarou que os integrantes da foto são clientes da sua irmão que é dentista. E explicou que ‘Infelizmente, há alguns meses eu tive uma foto de mim mesmo com pessoas que não conheço em um complexo que minha mãe tem’.

O Jornalista ainda alegou que teme estar preso por ter sido exposto como parte de uma fação criminosa, pois a guerra entre facções é grande nos presídios.

Busca foram feitas na residência do jornalista mas nada foi encontrado que evidencie a sua ligação com qualquer fação criminosa.

Mas o promotor Ulises Gimérez que está à frente da operação alegou que há uma suspeita do envolvimento de Sánches com a venda de um veículo para membros da organização criminosa.

 Sánchez será encaminhado ao Ministério Público de Pedro Juan Caballero. O caso será investigado pelo procurador Armando Cantero.

Informações de acordo com a publicação do ABC Collor

Comentários

Comentários