Jornalista brasileiro é executado a tiros na fronteira

Foto: Capitan Bado

PONTA PORÃ-MS (Correspondente) – O jornalista brasileiro Léo Veras foi executado a tiros por pistoleiros que invadiram sua casa no bairro Jardim Aurora na noite de quarta-feira (12) em Pedro Juan Caballero/PY.

O repórter que é popularmente conhecido em MS possui um site policial. Léo já havia recebido uma ameaça de morte através de mensagem de texto via celular. Frequentemente noticiava situações relacionadas ao tráfico de drogas na fronteira.

A Polícia Nacional relatou que Léo foi alvejado por 12 tiros de pistola 9mm. Um dos disparos acertou a cabeça dele no momento que tentou fugir.  Ele chegou a ser socorrido ao hospital, mas não resistiu e veio a óbito. Os três pistoleiros encapuzados estavam em um Jeep Grand Cherokee. O crime aconteceu por volta das 21h de quarta.

O corpo está sendo velado em Pedro Juan Caballero e o sepultamento será no Cemitério Cristo Rei, em Ponta Porã.

Foto: ABC Color

Comentários

Comentários