Hong Kong suspende compra e retira carne brasileira do mercado

Hong Kong anunciou hoje (24) que retirará do mercado a carne brasileira supostamente adulterada e procedente dos 21 estabelecimentos investigados na operação Carne Fraca. Ontem, o JBS suspendeu abates de bovinos, pelo período de três dias, em seis frigoríficos de Mato Grosso do Sul.

Hong Kong é um dos maiores mercados de compra da carne brasileira e já havia proibido no início da semana as importações de carne do Brasil, assim como a China continental.

Autoridades afirmam que as exportações caíram de US$ 63 milhões diários a apenas US$ 74.000.

Ko Wing-man, secretário de Saúde de Hong Kong anunciou a “retirada completa” de toda a “carne fresca, congelada e de ave” importada das fábricas no centro da crise. “Não pudemos eliminar completamente os perigos ocultos em termos de segurança alimentar”, disse Ko aos repórteres para explicar sua decisão. E ressaltou que seis das fábricas afetadas no Brasil exportaram carne a Hong Kong e disse esperar que a ação devolva a confiança aos consumidores em relação à carne brasileira não proveniente das fábricas envolvidas no escândalo.

 

Comentários

Comentários