Geraldo cobra celeridade no projeto de ampliação do aeroporto de Dourados

As ampliações dos espaços do aeroporto ocorrerão no terminal de passageiros com 1.215 metros quadrados, no pátio de aeronaves, possibilitando um maior número de voos para o município

O deputado federal Geraldo Resende (PSDB-MS) esteve em audiência com o ministro da Secretaria de Aviação Civil (SAC) da Presidência da República, Mauro Lopes, para pedir celeridade na confecção do projeto de ampliação e revitalização do aeroporto Francisco de Matos Pereira de Dourados. Na audiência, que aconteceu no último dia 31, o parlamentar também cobrou providências para que as obras tenham início com a maior brevidade possível.

 

Geraldo Resende explanou que a tramitação do projeto é um dos mais avançados do país. Com o investimento de aproximadamente R$ 48 milhões, o aeroporto ganhará um novo layout para o terminal, se igualando a aeroportos de outros estados.

 

O parlamentar salientou ainda que as ampliações dos espaços do aeroporto ocorrerão no terminal de passageiros com 1.215 metros quadrados, no pátio de aeronaves, possibilitando um maior número de voos para o município. Outra parte do projeto prevê o prolongamento da pista por mais 175 metros, já que atualmente ela é de 1.950 metros, como também o alargamento para 45 metros.

 

Outra melhoria será a modernização dos sistemas de navegação. “Atualmente os equipamentos atuais do aeroporto de Dourados não permitem pousos e decolagens na chuva e em outras situações de mal tempo. Os investimentos permitirão o uso do aeroporto em situações mais adversas de clima”, ressaltou o deputado.

 

Durante a reunião, o ministro Mauro Lopes explicou que o projeto está sendo finalizado e aguarda apenas a Licença Prévia Ambiental para concluí-lo. A licença é emitida pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente, que está prevista para sair até o mês de maio. Após esse prazo o Banco do Brasil terá mais 120 dias para concluir o projeto e a SAC/PR mais 30 dias para a aprovação final. “Com isso, conclui-se que até o mês de outubro será possível dar início ao processo licitatório para a execução das obras”, explicou o ministro.

 

Para dar maior agilidade e encurtar o prazo, Geraldo Resende está realizando gestões junto ao secretário de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico, Jaime Elias Verruck.

 

“Ampliar o aeroporto é uma demanda antiga de toda a Região da Grande Dourados. Estamos falando de 38 municípios, mais 800 mil habitantes e uma localidade extremamente produtiva e um polo com diversas universidades públicas e particulares. Dourados é muito atraente, não podemos impor dificuldade para o seu crescimento”, concluiu Geraldo Resende.

Comentários

Comentários