Geraldo cobra agilidade nas obras de asfalto no Altos do Indaiá

Obras de asfalto, em andamento no Altos do Indaiá vem sendo alvo de críticas dos moradores e Geraldo cobra mais agilidade da empresa responsável pela execução

Nas próximas semanas o deputado federal Geraldo Resende estará agendando uma reunião de prestação de contas com os moradores do bairro Altos do Indaiá, onde vem sendo realizada uma obra de pavimentação asfáltica, e que tem sido alvo de muitas reclamações, por parte da população.

Na semana passada o parlamentar esteve visitando a empresa que executa a obra, no bairro, para cobrar mais agilidade, na conclusão da pavimentação asfáltica na região. “Estive recentemente na empresa e fiz cobranças. A empresa garantiu que fara mais ruas daquele bairro, já que a obra de drenagem foi concluída”, explicou o deputado.

Geraldo explica que as obras de pavimentação asfáltica no Bairro Altos do Indaiá, em Dourados, devem recomeçar tão logo termine o período de chuvas intensas que vêm caindo há meses, em Dourados. “A chuva não tem dado trégua. E isso dificulta bastante os trabalhos, principalmente as frentes de asfalto”, enfatiza.

O deputado lembra que o Ministério da Integração Nacional já pagou ao governo do Estado, no final do ano passado, R$ 2 milhões, referentes à terceira parcela de recursos empenhados para o pacote de obras de asfalto e drenagem.

“Esses recursos são fruto de emenda parlamentar minha e que está no Orçamento Geral da União/2011. A verba foi direcionada para o Governo do Mato Grosso do Sul, que é o responsável pela obra. O valor total do recurso é de R$ 9,9 milhões e a contrapartida do Governo do Estado é de R$ 2 milhões, totalizando investimento em infraestrutura urbana em R$ 12 milhões”, explica o deputado.

 

Outros Bairros

Além de pagar a implantação de asfalto e drenagem no Altos do Indaiá os recursos liberados também são referentes ao pagamento de obras nos bairros Parque das Nações II (setor 1), Jardim Oliveira I, Jardim Oliveira II, partes da Vila Vieira, Vila Industrial, Canaã IV, Vila Martins e corredor público (setor 2). Algumas dessas frentes de asfalto já foram concluídas, enquanto outras ainda estão em andamento e poderão ser agilizadas com a liberação desses recursos.

“Essas obras são importantíssimas, porque proporcionam uma melhora na qualidade de vida e no desenvolvimento dessas localidades”, afirma Geraldo Resende.

Comentários

Comentários