Fórum convoca servidores estaduais para anúncio do reajuste salarial

Dando continuidade à negociação salarial coletiva do funcionalismo público estadual — sendo mais de 40 mil servidores da área da segurança pública, saúde, educação e administrativo —, os coordenadores do Fórum dos Servidores Públicos de Mato Grosso do Sul deliberaram por intensificar as mobilizações até a data da reunião com o governador Reinaldo Azambuja (PSDB), marcada para o dia 3 de julho (segunda-feira), às 14h, na Governadoria.

 Ainda que prevista para o início do mês, os coordenadores do Fórum articularam nesta semana juntamente à Comissão Mista — composta por deputados estaduais e dirigentes sindicais para auxiliar na negociação salarial — a tentativa de antecipar a reunião em virtude de o Senado Federal aprovar projeto sobre a renegociação de dívidas dos Estados com bancos, entre eles o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), sendo umas das condições do governo para disponibilizar aos servidores a reposição inflacionária.

 Conforme divulgada pela imprensa, caso seja utilizado o Índice Nacional de Preços ao Consumidor – Amplo (IPCA-A) do período de 12 meses da data-base do funcionalismo – maio de 2016 e maio deste ano –, o índice será de 3,59{d124abb9778216420301f7a7fdee54f2d809ca471a8d69088da1a3e9d609e3df} e não mais 0{d124abb9778216420301f7a7fdee54f2d809ca471a8d69088da1a3e9d609e3df}. Ressaltando que em 2015 e 2016 o servidor estadual não recebeu a reposição inflacionária.

 Dessa forma, os dirigentes sindicais e representantes de classe que integram o Fórum dos Servidores se reuniram na manhã desta sexta-feira (23), na sede do SINDIJUS-MS (Sindicato dos Trabalhadores do Poder Judiciário de Mato Grosso do Sul), para analisar a conjuntura das mobilizações.

O coordenador-geral do Fórum, Fabiano Reis, ressaltou a importância de apoiar e fortalecer as mobilizações das categorias. “Vamos continuar articulando no fortalecimento das ações das lideranças sindicais, como o acampamento do Sinpol que está completando quase 20 dias na luta por melhores condições aos servidores”.

“Estamos buscando antecipar a reunião com o governador, por isso é importante que os servidores fiquem atentos às convocações de seus sindicatos por meio dos sites e redes sociais. Agora é momento de nos unirmos!”, complementou Fabiano.

Mobilizações – Os integrantes do Fórum dos Servidores vão reforçar as visitas no acampamento do Sinpol, além de convocar suas categorias para aderir ao movimento. Também serão realizadas atividades culturais com atrações regionais.

Foi acertada também a panfletagem de informativos na próxima sexta-feira (30) e domingo (2), como forma de divulgar e convocar mais servidores para participar das ações.

Comentários

Comentários