Fazendeiro é autuado por incêndio em área ambiental protegida

Policiais Militares Ambientais de Rio Negro, em fiscalização nas propriedades rurais do município de Aquidauana, na região do Paiaguás no Pantanal, autuaram ontem (27), um proprietário rural por provocar incêndio em área de reserva legal e agropastoril. O incêndio teria se iniciado a partir de uma carvoaria, com 90 fornos, existente na propriedade e adentrou uma área de pastagem. Em seguida, o fogo atingiu as matas de reserva legal da fazenda, que se trata de área protegida por lei.

Toda a área incendiada perfez 1.500 hectares medidos em GPS pelos Policiais. A PMA efetuou um auto de infração administrativo e aplicou multa de R$ 1.500.000,00 contra o pecuarista, de 63 anos, residente em Aquidauana. Ele também responderá por crime ambiental e, se condenado, poderá pegar pena de dois a quatro anos de reclusão. Caso se comprove que a incêndio foi culposo (sem intenção), a pena é de seis meses a um ano de detenção.

CRÉDITO: ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL – PMMS

Comentários

Comentários