Famílias de Costa Rica são beneficiadas pelo Projeto Aluguel Social

Foto: Divulgação

Em parceria com a Agência de Habitação Popular de Mato Grosso do Sul (Agehab), Costa Rica é o primeiro município do Estado a beneficiar famílias pelo Projeto Aluguel Social. Na tarde da última quinta-feira (31.01), a emoção tomou conta de famílias carentes da cidade com a entrega das chaves de 30 unidades habitacionais.

O projeto é uma lei municipal que foi aprovada em meio a grande demanda de famílias que vivem em situações precárias. Para a construção das 30 moradias, o Governo do Estado subsidiou a compra dos materiais de construção, enquanto a Prefeitura construiu as casas.

O valor simbólico do aluguel será de R$ 30 por mês, sendo que a pessoa poderá morar na casa enquanto for necessário, tendo como obrigações manter o local limpo e o imóvel em boas condições. O beneficiário também poderá se inscrever em outros programas habitacionais e participar das seleções.

A diarista de 64 anos, Maria Valdivina Rocha da Silva, que antes pagava R$ 350 de aluguel, diz que agora vai investir esse dinheiro em alimentação e móveis para a casa nova. “Eu estou sem palavras para agradecer, a casa é muito bonita, é um sonho. Agora, vou poder me alimentar melhor e ajeitar minha casinha do jeito que eu sempre quis”, diz emocionada.

Mãe de sete filho, a dona de casa Denise dos Santos Cardoso também comemorou a entrega das chaves. “Eu pago aluguel há muito tempo e era difícil sobrar dinheiro para oferecer uma vida melhor para meus filhos. Agora, com essa casa do Aluguel Social eu vou poder cuidar melhor das crianças e juntar dinheiro para adquirir a minha casa própria”.

A diretora-presidente da Agehab, Maria do Carmo Avesani Lopez, agradeceu a parceria da Prefeitura e destacou a importância do trabalho em equipe. “Hoje estamos aqui mais uma vez entregando casas e também visitando outras que estão em construção, graças ao bom relacionamento que o Governo do Estado tem com o município”. Maria do Carmo também parabenizou as famílias que hoje têm uma nova oportunidade de mudar de vida. “Cada um aqui tem uma história e isso nos comove, nos faz acreditar  o quanto o gestor público tem a oportunidade de colaborar para melhorar a qualidade de vida das pessoas”, finalizou.

Créditos: Rosana Moura, Agência de Habitação Popular de Mato Grosso do Sul (Agehab)

Comentários

Comentários